Exportar registro bibliográfico

Management control mechanisms and stewardship in family firms: an analysis of antecedents and consequences (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: MUCCI, DANIEL MAGALHãES - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAC
  • Assunto: EMPRESAS FAMILIARES
  • Keywords: Desempenho da empresa familiar; Justiça processual; Mecanismos de controle gerencial; Riqueza sócio-emocional; Teoria do stewardship
  • Language: Inglês
  • Abstract: Esta tese visa aprimorar a compreensão sobre stewardship nas empresas familiares, estudando seus antecedentes relacionados à capacidade e às intenções da família controladora de influenciar a empresa, o desenho dos mecanismos de controle gerencial e a justiça processual, e suas consequências ao moderar a relação entre envolvimento da família e desempenho. Primeiro, exploramos a heterogeneidade entre as empresas familiares, considerando a influência da habilidade e da intenção da família sobre o desenho de mecanismos de controle gerencial formais e participativos. Definimos habilidade como o nível de envolvimento familiar na propriedade e na gestão. As intenções são baseadas na literatura da riqueza sócio-emocional (SEW), que se refere ao valor do afeto da família controladora investido na empresa. Estudamos as seguintes sub-dimensões da SEW (1) controle e influência familiar (2) e renovação dos laços familiares. Em segundo lugar, investigamos se os mecanismos de controle gerencial, como a definição de objetivos e a avaliação de desempenho, geralmente estabelecidos para reduzir o comportamento oportunista do gestor, estimulam o stewardship nas empresas familiares. Focamos no grau de participação e formalidade aplicados a esses mecanismos de controle gerencial, cujos elementos são estudados na literatura de justiça processual. Portanto, discutimos como o desenho dos mecanismos de controle gerencial e a justiça processual estão associados ao stewardship. Stewardship implica ematitudes e comportamentos coletivos e pró-organizacionais e constitui em uma característica distintiva das empresas familiares. Em terceiro lugar, examinamos se uma cultura orientada para o stewardship modera a associação entre envolvimento da famíliae desempenho da empresa familiar,onde o envolvimento da família é um subitem doconstruto familinessque por sua vez foca na interação entre os membros da família e o negócio. Para testar essas relações de forma empírica, desenvolvemos uma pesquisa e obtivemos dados de empresas familiares brasileiras de médio e grande porte. Aplicamos a Modelagem de Equações Estruturais (SmartPLS) como o principal método de análise de dados para testar nossas hipóteses. As contribuições deste estudo são múltiplas para a literatura. Em primeiro lugar, são fornecidas mais ideias sobre o desenho de mecanismos de controle gerencial participativos e formais nas empresas familiares e como a intenção da família de influenciar a empresa cria diferentes padrões de adoção. Também demonstramos que as diferentes intenções da SEW devem ser tratadas separadamente, uma vez que cada sub-dimensão influencia o desenho dos mecanismos de governança na empresa familiar de uma maneira diferente. Em segundo lugar, os resultados mostram como a definição de objetivos e a avaliação do desempenho formais e participativos estimulam a identificação cultura orientada para o stewardship na empresa familiar. Este estudo fornece evidências aos profissionais de que a definição deobjetivos e a avaliação do desempenho, geralmente estudados como mecanismos de agência podem promover o stewardship na empresa familiar, se forem delineados com base nos princípios da justiça. Em terceiro lugar, o estudo revela que a relação entre envolvimento da família e desempenho da empresa familiar é moderada pela cultura orientada para ostewardship, indicando padrões que levam a um maior desempenho financeiro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.02.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MUCCI, Daniel Magalhães; FREZATTI, Fabio. Management control mechanisms and stewardship in family firms: an analysis of antecedents and consequences. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-22032018-170200/ >.
    • APA

      Mucci, D. M., & Frezatti, F. (2018). Management control mechanisms and stewardship in family firms: an analysis of antecedents and consequences. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-22032018-170200/
    • NLM

      Mucci DM, Frezatti F. Management control mechanisms and stewardship in family firms: an analysis of antecedents and consequences [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-22032018-170200/
    • Vancouver

      Mucci DM, Frezatti F. Management control mechanisms and stewardship in family firms: an analysis of antecedents and consequences [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-22032018-170200/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020