Exportar registro bibliográfico

Lexicografia, metalexicografia e natureza da iconicidade da Língua de Sinais Brasileira (Libras) (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: MARTINS, ANTONIELLE CANTARELLI - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS; ICONOGRAFIA; LEXICOGRAFIA; LEXICOLOGIA; DICIONÁRIOS
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese de doutorado deriva do programa de Pesquisa e Desenvolvimento em Geração de Dicionários da Língua de Sinais Brasileira (Libras) conduzido pelo Professor Capovilla no último quarto de século. A tese pertence aos campos da lexicologia, lexicografia e metalexicografia. A tese foca na pesquisa lexicográfica que a autora conduziu como coautora do Dic-Brasil: Dicionário da Língua de Sinas do Brasil (Capovilla, Raphael, Temoteo, & Martins, 2017a, 2017b, 20917c) nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e no Distrito Federal . Ela descreve as estratégias usadas para estudar o léxico de Libras, e compara as estratégias lexicográficas usadas em seis dicionários clássicos, três dos quais d e Libras e os outros três da Língua de Sinais Americana. A tese analisa o papel que a iconicidade do sinal desempenha nos dicionários de sinais, e compara diferentes modos com que a iconicidade é tratada nesses seis dicionários clássicos de língua de sinai s. De modo a aumentar a eficácia pragmática com que os dicionários representam sinais, esta tese analisa o papel desempenhado pelas ilustrações e descrições, tanto da forma do sinal quanto de seu significado; bem como da iconicidade, etimologia e morfologi a do sinal. A tese descreve um estudo sobre a iconicidade dos sinais, e analisa a relação entre o grau em que a forma de um sinal pode ser considerada admissível para representar um dado significado e o grau em que esse significado pode ser efetivamente adivinhado.Sinais icônicos têm significado admissível e adivinhável. O paradoxo na bibliografia é que sinais não adivinháveis são considerados admissíveis. No estudo analisando relação entre admissibilidade e adivinhabilidade, 70 sujeitos ingênuos (Grupos 1 e 2) observaram 201 sinais (Conjuntos A e B). Sujeitos do Grupo 1 julgavam a admissibilidade dos sinais do Conjunto A (atribuindo nota numa escala Likert: - 2, - 1, +1, +2) e adivinhavam o significado dos sinais do Conjunto B. Sujeitos do Grupo 2 faziam o o posto: julgavam a admissibilidade dos sinais do Conjunto B e adivinhavam significado dos sinais do Conjunto A. Resultados revelaram que s ujeitos julgaram 28 sinais como inadmissíveis (Adm M - 1), 77 como admissíveis (+1 Adm M ), e 96 como neutros ( - 1,00< Adm M
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.06.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARTINS, Antonielle Cantarelli; CAPOVILLA, Fernando Cesar. Lexicografia, metalexicografia e natureza da iconicidade da Língua de Sinais Brasileira (Libras). 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-31082017-191248/ >.
    • APA

      Martins, A. C., & Capovilla, F. C. (2017). Lexicografia, metalexicografia e natureza da iconicidade da Língua de Sinais Brasileira (Libras). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-31082017-191248/
    • NLM

      Martins AC, Capovilla FC. Lexicografia, metalexicografia e natureza da iconicidade da Língua de Sinais Brasileira (Libras) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-31082017-191248/
    • Vancouver

      Martins AC, Capovilla FC. Lexicografia, metalexicografia e natureza da iconicidade da Língua de Sinais Brasileira (Libras) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-31082017-191248/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021