Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Simulação por computador e em laboratório no ensino em enfermagem neonatal: as inovações e o impacto na aprendizagem (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: FONSECA, LUCIANA MARA MONTI - EERP
  • Unidade: EERP
  • DOI: 10.1590/1518-8345.1005.2808
  • Subjects: ENFERMAGEM NEONATAL; TECNOLOGIA EDUCACIONAL; APRENDIZAGEM; EXAME FÍSICO; SIMULAÇÃO (APRENDIZAGEM)
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos: avaliar a aprendizagem cognitiva de estudantes de enfermagem na avaliação clínica neonatal a partir de um curso semipresencial com uso de simulação por computador e em laboratório; comparar a aprendizagem cognitiva dos estudantes em grupo controle e experimental ao testar a simulação em laboratório; e avaliar o curso semipresencial extracurricular oferecido sobre avaliação clínica do bebê pré-termo, segundo os estudantes. Método: estudo quase-experimental com 14 estudantes portugueses contendo pré-teste, teste intermediário e pós-teste. As tecnologias oferecidas no curso foram serious game e-Baby, software instrucional de semiologia e semiotécnica e simulação em laboratório. Para a avaliação do curso e caracterização dos estudantes utilizou-se instrumentos de coleta de dados desenvolvidos para este estudo. Utilizou-se estatística não paramétrica: Mann-Whitney e Wilcoxon. Resultados: O uso de tecnologias digitais validadas e de simulação em laboratório evidenciou diferença estatisticamente significativa (p=0,001) na aprendizagem dos participantes. O curso foi avaliado como muito satisfatório pelos mesmos. A simulação em laboratório isoladamente não representou diferença significativa no aprendizado. Conclusões: a aprendizagem cognitiva dos participantes aumentou significativamente. Considera-se que o uso de tecnologia foi responsável por parte do sucesso do curso, denotando ser uma importante ferramenta de inovação didática e motivação da aprendizagem na área da saúdeObjetivos: evaluar el aprendizaje cognitivo de estudiantes de enfermería en evaluación clínica neonatal, a partir de un curso semipresencial, utilizando simulación por computador y en laboratorio; comparar el aprendizaje cognitivo de los estudiantes, entre grupo control y experimental, comprobando la simulación en el laboratorio; y evaluar el curso semipresencial extracurricular ofrecido sobre evaluación clínica del bebé pretérmino, de acuerdo a los estudiantes. Método: estudio casi experimental con 14 estudiantes portugueses, conteniendo preprueba, prueba intermedia y postprueba. Las tecnologías ofrecidas en el curso fueron serious game e-Baby, programa de instrucción en semiología y semiotecnia, y simulación en laboratorio. Para la evaluación del curso y caracterización de los estudiantes se utilizaron instrumentos de recolección de datos desarrollados para este estudio. Se utilizó la estadística no-paramétrica de Mann-Whitney y Wilcoxon. Resultados: el uso de tecnologías digitales validadas y de simulación en laboratorio evidenció diferencia estadísticamente significativa (p=0,001) en el aprendizaje de los participantes. El curso fue evaluado como muy satisfactorio por los alumnos. La simulación en laboratorio, aisladamente, no presentó diferencia significativa en el aprendizaje. Conclusiones: el aprendizaje cognitivo de los participantes aumentó significativamente. Se considera que el uso de la tecnología fue responsable por parte del éxito del curso, demostrando ser una importante herramienta de innovación didáctica y motivación del aprendizaje en el área de la salud
  • Imprenta:
  • Source:
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.1590/1518-8345.1005.2808 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FONSECA, Luciana Mara Monti; AREDES, Natália Del'Angelo; FERNANDES, Ananda Maria; et al. Simulação por computador e em laboratório no ensino em enfermagem neonatal: as inovações e o impacto na aprendizagem. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 24, p. e2808, 2016. Disponível em: < http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.1005.2808 > DOI: 10.1590/1518-8345.1005.2808.
    • APA

      Fonseca, L. M. M., Aredes, N. D. 'A., Fernandes, A. M., Batalha, L. M. da C., Apóstolo, J. M. A., Martins, J. C. A., & Rodrigues, M. A. (2016). Simulação por computador e em laboratório no ensino em enfermagem neonatal: as inovações e o impacto na aprendizagem. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 24, e2808. doi:10.1590/1518-8345.1005.2808
    • NLM

      Fonseca LMM, Aredes ND'A, Fernandes AM, Batalha LM da C, Apóstolo JMA, Martins JCA, Rodrigues MA. Simulação por computador e em laboratório no ensino em enfermagem neonatal: as inovações e o impacto na aprendizagem [Internet]. Revista Latino-Americana de Enfermagem. 2016 ; 24 e2808.Available from: http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.1005.2808
    • Vancouver

      Fonseca LMM, Aredes ND'A, Fernandes AM, Batalha LM da C, Apóstolo JMA, Martins JCA, Rodrigues MA. Simulação por computador e em laboratório no ensino em enfermagem neonatal: as inovações e o impacto na aprendizagem [Internet]. Revista Latino-Americana de Enfermagem. 2016 ; 24 e2808.Available from: http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.1005.2808


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020