Exportar registro bibliográfico

Associação dos polimorfismos dos FcγR e do CR3 no lúpus eritematoso sistêmico e sua influência no burst oxidativo dos neutrófilos (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KAWAHISA, JULIANA ESCHER TOLLER - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO; NEUTRÓFILOS; POLIMORFISMO
  • Keywords: Burst oxidativo; Receptor Fcy; Receptores para complemento; Complement receptors; Lupus erythematosus; Neutrophils Fcy receptor; Oxidative burst; Polymorphism
  • Language: Português
  • Abstract: As infecções constituem a principal causa de morbidade e mortalidade em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico (LES), representando 20-55% das mortes e sendo 80% delas cansadas por bactérias. O LES é uma doença autoimune inflamatória crónica e a suscetibilidade às infecções está associada às próprias anormalidades imunológicas da doença, bem como a sua terapia, particularmente imunossupressora e citotóxica. Além disso, os polimorfismos genéticos dos Fc‘gama’R, Fc‘gama’RIIa e Fc‘gama’RIIIb, nos neutrófilos, têm sido associados com as disfunções imunes do LES. Os Fc‘gama’R são importantes mediadores das funções efetoras do neutrófilo e aluam em sinergismo com os CR. O polimorfismo dos genes FCGR2A e FCGR3B determina a expressão de variantes alélicas com diferenças funcionais, as quais podem influenciar as respostas biológicas e a suscetibilidade e o prognóstico das doenças infecciosas. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência dos polimorfismos dos receptores Fc‘gama’RIIa (H/R131), Fc‘gama’IIIb (HNA-la, HNA-lb e HNA-lc) e CR3 (HNA-4a) no burst oxidativo de neutrófilos de pacientes com LES. Neutrófilos de pacientes com LES (n=36) e indivíduos saudáveis (n=36) foram purificados do sangue periférico (0.5x’10 POT. 6’/500‘mü’L) e estimulados com 3O^I^lg de IC, IC/soro humano normal (SHN), IC/SHN inativado ou PMA 10-7M. O burst oxidativo foi medido por quimioluminescência (QL) na presenca de luminol 10-4M ou lucigenina 104M. As frequências dos genótipos de Fc‘gama’RIIa, Fc‘gama’RIIIb e HNA-4a em pacientes com LES (n=157) e indivíduos saudáveis (n=147) foram determinadas por PCR com primers oligoespecíficos e gel de agarose 2%. Quanto aos polimorfismos genéticos, foi observado que o atolo positivo de HNA-4a contribui para a proteção e o alelo negativo para a suscetibilidade ao LES. Entre os pacientes com LES, as infecções foram mais frequentesquando os alelos R131 de FCGR2A, HNA-lb de FCGR3B e HNA-4a positivo do CR3 estavam presentes. Para o burst oxidativo com luminol, no grupo controle, as homozigoses H131, HNA-lb e HNA-4a negativo foram associadas à redução do burst oxidativo dos neutrófilos comparado às homozigoses para os respectivos alelos correspondentes. No LES, o burst oxidativo foi maior na homozigose R131 do grupo LES inativo comparado ao homozigoto H131 controle; menor na homozigose HNA-lb do grupo LES ativo comparado ao homozigoto HNA-la do controle e, também, na heterozigose HNA-4a positivo/negativo o burst foi menor no grupo LES ativo comparado ao LES inativo. A ausência de diferenças entre os grupos com LES e controle, nos ensaios de burst oxidativo com lucigenina e com PMA, sugerem que a NADPH oxidase, responsável pela geração do burst oxidativo, não está comprometida nos neutrófilos dos pacientes com LES. Esses resultados têm implicações para a fisiopatologia do LES e, sobretudo, reforçam a hipótese de que os polimorfismos dos FCGR2A, FCGR3B e HNA-4a modulam o burst oxidativo de neutrófilos nos indivíduos saudáveis e no LES. Assim, o presente estudo contribui para o entendimento das anormalidades nas funções dos neutrófilos no LES
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.07.2012
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KAWAHISA, Juliana Escher Toller; MACHADO, Cleni Mara Marzocchi. Associação dos polimorfismos dos FcγR e do CR3 no lúpus eritematoso sistêmico e sua influência no burst oxidativo dos neutrófilos. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-12012017-140419/ >.
    • APA

      Kawahisa, J. E. T., & Machado, C. M. M. (2012). Associação dos polimorfismos dos FcγR e do CR3 no lúpus eritematoso sistêmico e sua influência no burst oxidativo dos neutrófilos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-12012017-140419/
    • NLM

      Kawahisa JET, Machado CMM. Associação dos polimorfismos dos FcγR e do CR3 no lúpus eritematoso sistêmico e sua influência no burst oxidativo dos neutrófilos [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-12012017-140419/
    • Vancouver

      Kawahisa JET, Machado CMM. Associação dos polimorfismos dos FcγR e do CR3 no lúpus eritematoso sistêmico e sua influência no burst oxidativo dos neutrófilos [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-12012017-140419/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020