Exportar registro bibliográfico

Criança calçada, criança sadia: sobre os uniformes escolares no período de expansão da escola pública paulista (1950/1970) (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, KATIENE NOGUEIRA DA - FE
  • Unidade: FE
  • Sigla do Departamento: EDM
  • Subjects: HISTORIA DA EDUCAÇÃO; VESTUÁRIO (HISTÓRIA;EDUCAÇÃO); ENSINO PÚBLICO (HISTÓRIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Como a prática de uso dos uniformes escolares se configurou nas escolas públicas do estado de São Paulo entre os anos de 1950 a 1970? Este trabalho procura contribuir para a compreensão do modo pelo qual os uniformes escolares foram retratados pela imprensa educacional, seja mediante artigos assinados por autores prestigiados pelo campo, seja pelas propagandas que intercalavam os textos em questão. Pretende ainda examinar a percepção dos alunos acerca dos uniformes escolares por meio do estudo do jornal escolar e as prescrições relacionadas ao uso deste vestuário nos manuais pedagógicos. Além disso, a legislação educacional vigente no período estudado complementa a análise. O período estudado compreende a época de expansão da escola pública no estado de São Paulo, quando as oportunidades de educação pública passaram a estender-se a significativas parcelas da população que antes estavam à margem deste processo. Busca-se com esta pesquisa identificar como a obrigatoriedade material de uso dos uniformes acompanhou a oferta de vagas à população mais carente de recursos. Ainda foi necessário buscar compreender um quadro geral acerca da história da educação no Brasil no período, de modo a conhecer os eventos que marcaram a história nacional e acabaram por influenciar as políticas públicas educacionais.) O trabalho está dividido em três partes: a primeira parte é composta pela "Apresentação", na qual são descritos os objetivos da investigação e por um primeirocapítulo intitulado "Modos de Produção ao Trabalho", em que são apresentadas as fontes consultadas e a forma como as mesmas foram exploradas e incorporadas ao estudo. A segunda parte traz considerações acerca da história da educação e elementos acerca da história do vestuário, constituindo o capítulo II. A terceira parte apresenta a análise do uniforme escolar enquanto objeto de estudo histórico a partir do exame das fontes e é constituída por quatro capítulos: III "Decentemente trajados e com asseio"; IV "Criança Calçada, Criança Sadia!"; V "A professora não deve ir para a aula nem vestida de 'andar em casa', nem como se fosse para uma festa"; VI "Deveres do bom aluno: capricho, ordem e limpeza"; e um esforço de síntese busca retomar os principais elementos explicativos a que se chegou, sob a forma de "Considerações finais"
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.04.2006
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Katiene Nogueira da; CATANI, Denice Bárbara. Criança calçada, criança sadia: sobre os uniformes escolares no período de expansão da escola pública paulista (1950/1970). 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-29062007-152705/ >.
    • APA

      Silva, K. N. da, & Catani, D. B. (2006). Criança calçada, criança sadia: sobre os uniformes escolares no período de expansão da escola pública paulista (1950/1970). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-29062007-152705/
    • NLM

      Silva KN da, Catani DB. Criança calçada, criança sadia: sobre os uniformes escolares no período de expansão da escola pública paulista (1950/1970) [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-29062007-152705/
    • Vancouver

      Silva KN da, Catani DB. Criança calçada, criança sadia: sobre os uniformes escolares no período de expansão da escola pública paulista (1950/1970) [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-29062007-152705/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021