Exportar registro bibliográfico

O ensino da avaliação clínica da oxigenação e circulação do bebê pré-termo: integração simulação virtual e simulação robótica (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated author: DIAS, DANIELLE MONTEIRO VILELA - EERP
  • School: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: ENFERMAGEM NEONATAL; EXAME FÍSICO; TECNOLOGIA EDUCACIONAL; ENFERMAGEM (ESTUDO E ENSINO)
  • Keywords: Educação em Enfermagem; Educational Technology; Exame Físico e Simulação; Neonatal Nursing; Nursing Education; Physical Examination and Simulation
  • Language: Português
  • Abstract: Na era digital, o processo ensino-aprendizagem em saúde e enfermagem tem se beneficiado da tecnologia da informação e da técnica da simulação realística e inovadora. Sendo assim, o desenvolvimento e uso de tecnologias educacionais pode contribuir com um ensino mais participativo, disponibilizando para os alunos conteúdos e simulações que poderão ser utilizados de acordo com a necessidade e ritmo de aprendizagem. Este estudo tem por objetivos construir e avaliar o cenário de simulação robótica junto a especialistas; descrever o processo de desenvolvimento do Curso de Difusão semipresencial Avaliação clínica da oxigenação e circulação do bebê pré-termo e avaliar o desempenho de aprendizagem cognitiva dos estudantes no curso semipresencial sobre a avaliação clínica da oxigenação e circulação do bebê pré-termo. Estudo de intervenção, quase experimental, com pré e pós-teste, sendo o grupo controle dele mesmo. Utilizamos como referencial teórico a aprendizagem significativa, para o desenvolvimento do cenário optamos pelo método proposto por Jeffries (2007), e para o planejamento e desenvolvimento do Curso de Difusão no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) utilizamos o modelo de Seixas (2012). Foram convidados a participar da intervenção educacional, o Curso de Difusão, alunos de graduação da EERP-USP excetuando- se os de primeiro ano e os ultimoanistas. A avaliação do cenário construído para a simulação robótica foi feita por sete especialistas que assistiram a simulação e realizaram as anotações pertinentes ao cenário e responderam se os objetivos foram alcançados pelos alunos, através de um checklist que foi construído em consonância com manuais do Ministério da Saúde (2013) e a American Heart Society (2012), e todas as sugestões tais como, colocação de um relógio de parede em local visível; disponibilização do prontuário completo do bebê; identificação dobebê na incubadora e solicitação para que o estudante narrasse verbalmente todas as suas ações na cena, foram acatadas. A descrição dos dados relativos à caracterização dos sujeitos se apresenta mediante uso de estatística descritiva. Para a avaliação do desempenho de aprendizagem dos estudantes foi realizado um pré-teste on-line, no qual responderam oito questões sobre a temática, e ao final da intervenção educacional, preencheram o pós-teste. As comparações intra-grupos foram realizadas segundo teste não-paramétrico Wilcoxon e a avaliação do conhecimento foi realizada a partir da diferença entre a pontuação obtida pelo estudante no pós- teste em relação à pontuação do pré-teste. Participaram do estudo 44 alunos dos cursos de Bacharelado em Enfermagem e Bacharelado e Licenciatura em Enfermagem que após preencherem o TCLE on-line e o pré-teste presencialmente navegaram a distância no curso de difusão semipresencial oferecido e utilizaram a tecnologia da simulação virtual, o serious game e-Baby sobre a avaliação e oxigenação e circulação do bebê pré-termo. Durante o curso participaram de um encontro presencial para simulação robótica com cenário de apneia do bebê pré- termo. Ao final do curso, tiveram mais um encontro presencial para o pós-teste. Comparando-se os resultados obtidos no pré e pós-teste com o Curso de Difusão com associação das tecnologias, a aplicação do teste não-paramétrico de Wilcoxon para amostras pareadas revelou que houve diferença significante (p< 0,001) no aprendizado cognitivo entre os dois momentos avaliados, adotando-se o nível de significância de 5%. Assim, o presente estudo demonstrou a viabilidade da construção, desenvolvimento e aplicação de um Curso de Difusão semipresencial com a utilização de simulação virtual e robótica voltada para o ensino de graduação em enfermagem. Esperamos que este trabalho possa contribuircom a inovação e melhoria do ensino de enfermagem, utilizando a simulaçãono processo ensino- aprendizado dos alunos de graduação, sobre um assunto de extrema relevância para a saúde pública no Brasil, o cuidado dos bebês prematuros, dado que a prematuridade é a primeira causa de morte entre os menores de cinco anos no Brasil e no mundo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.06.2015
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DIAS, Danielle Monteiro Vilela; FONSECA, Luciana Mara Monti. O ensino da avaliação clínica da oxigenação e circulação do bebê pré-termo: integração simulação virtual e simulação robótica. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04092015-154256/ >.
    • APA

      Dias, D. M. V., & Fonseca, L. M. M. (2015). O ensino da avaliação clínica da oxigenação e circulação do bebê pré-termo: integração simulação virtual e simulação robótica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04092015-154256/
    • NLM

      Dias DMV, Fonseca LMM. O ensino da avaliação clínica da oxigenação e circulação do bebê pré-termo: integração simulação virtual e simulação robótica [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04092015-154256/
    • Vancouver

      Dias DMV, Fonseca LMM. O ensino da avaliação clínica da oxigenação e circulação do bebê pré-termo: integração simulação virtual e simulação robótica [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04092015-154256/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020