Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de materiais poliméricos bioativos à base de gelatina e própolis (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated author: BODINI, RENATA BARBOSA - FZEA
  • School: FZEA
  • Sigla do Departamento: ZEA
  • Subjects: FILMES COMESTÍVEIS; PROTEÍNAS; BIOFILMES; GELATINA; PRÓPOLIS
  • Language: Português
  • Abstract: O interesse na aplicação de embalagens ativas para conservação de alimentos tem aumentado, bem como uma maior demanda por substâncias antimicrobianas naturais, devido à maior consciência dos consumidores quanto aos potenciais riscos à saúde ocasionados pelo consumo de compostos sintéticos. Entre os aditivos naturais, a própolis, por suas propriedades antibacteriana, antioxidante e antifúngica, tem despertado o interesse dos pesquisadores. Portanto, o objetivo deste trabalho foi investigar o efeito da adição do extrato etanólico de própolis (EEP) em filmes à base de gelatina plastificados com citrato de acetiltributila (CA) ou sorbitol (S), nas propriedades funcionais (propriedades mecânicas, solubilidade, permeabilidade ao vapor de água, parâmetros de cor e opacidade) e a atividade antimicrobiana dos filmes contra Staphylococcus aureus. Para a produção do EEP, 30g de resina de própolis (tipo 12) foram misturadas com 100mL de álcool etílico 80%, e a solução foi mantida sob agitação mecânica (500rpm, 30minutos) a 50ºC, e filtrada após 24horas sob refrigeração. Os filmes foram produzidos por casting com 2g de gelatina/100g de solução filmogênica, 30g de CA ou S/100g de gelatina, 35g de lecitina/100g de plastificante e o EEP nas concentrações de 0, 5, 40 ou 200g/100g de gelatina, e avaliados quanto às suas propriedades mecânicas (tração e perfuração), solubilidade em água (Sol), cor e opacidade, permeabilidade ao vapor de água (PVA), espectroscopia de infravermelho comtransformada de Fourier (FTIR) e microscopia eletrônica de varredura, após acondicionamento (5 dias, UR = 58%, T = 25ºC). A atividade antimicrobiana dos filmes contra Staphylococcus aureus foi analisada pelo método da difusão em ágar. A incorporação de EEP causou variação na tensão (T) dos filmes com CA (58,7 a 66,4MPa), mas afetou mais intensamente os filmes com S (31,7 a 50,4MPa). Quanto à elongação (%), os filmes (CA e S) também apresentaram variações. Na perfuração, verificou-se que a adição de EEP não afetou significativamente a força máxima para ambos os plastificantes. Para a solubilidade em água, o filme com CA apresentou aumento significativo (Sol = 18,6%) para 200% de EEP, contudo, os filmes com S praticamente não variaram. Quanto à cor, para ambos os plastificantes estudados (CA e S) o aumento da concentração de EEP promoveu alterações significativas de L*, a*, b*, ΔE* e opacidade. As análises de PVA dos filmes (CA e S) mostraram que o aumento na concentração de EEP aumentou a propriedade de barreira dos filmes. Segundo a análise de FTIR, os filmes aditivados não apresentaram mudanças estruturais em relação ao controle, o que sugere que o EEP encontra-se disperso na matriz. As micrografias mostraram que a adição de EEP causou alterações, principalmente, nos filmes plastificados com S. A atividade contra S. aureus foi observada para os filmes (CA e S) com 40 e 200% de EEP, com aumento significativo do diâmetro de inibição em função do aumento da concentraçãode EEP. Os filmes mantiveram sua atividade antimicrobiana durante 177 dias de armazenamento. Estes resultados demonstraram a capacidade antimicrobiana dos filmes de gelatina aditivados com própolis, bem como sua estabilidade em função do tempo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.02.2011
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BODINI, Renata Barbosa; CARVALHO, Rosemary Aparecida de. Desenvolvimento de materiais poliméricos bioativos à base de gelatina e própolis. 2011.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-25042011-111723/ >.
    • APA

      Bodini, R. B., & Carvalho, R. A. de. (2011). Desenvolvimento de materiais poliméricos bioativos à base de gelatina e própolis. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-25042011-111723/
    • NLM

      Bodini RB, Carvalho RA de. Desenvolvimento de materiais poliméricos bioativos à base de gelatina e própolis [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-25042011-111723/
    • Vancouver

      Bodini RB, Carvalho RA de. Desenvolvimento de materiais poliméricos bioativos à base de gelatina e própolis [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-25042011-111723/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022