Exportar registro bibliográfico

Detecção e diagnóstico de transtornos mentais pela equipe do programa de saúde da família (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: MARQUES, JOÃO MAZZONCINI DE AZEVEDO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: ATENÇÃO PRIMÀRIA À SAÙDE; TRANSTORNOS MENTAIS; MÉTODOS DE APLICAÇÃO DE TESTES; EQUIPE DE ASSISTÊNCIA AO PACIENTE
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos: Avaliar validade e aplicabilidade do "Mini lnternational Neuropsychiatric lnterview (MINI)", utilizado por médicos residentes de família e comunidade atuando em equipes de saúde da família; avaliar validade e aplicabilidade do "Self-Reporting Questionnaire" (SRQ), "WHO Well-Being Index-5 Version 1" (WHO-5) e "Quadros COOP/WONCA", utilizados por Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e auxiliares de enfermagem para rastreamento de transtornos mentais. Metodologia: O treinamento na aplicação do MINI foi realizado dentro de programa amplo de aprendizado de psiquiatria, ocorrendo inclusive em atividades de consultoria realizadas junto às equipes. O treinamento nos questionários ocorreu inicialmente em encontros de 2 horas de duração com ACS e auxiliares de enfermagem e, posteriormente, quando esses profissionais expressavam dúvidas sobre a aplicação desses instrumentos. Foram comparados os diagnósticos obtidos através do MINI - aplicado por 25 médicos - e os resultados dos questionários - aplicados por 14 ACS e auxiliares de enfermagem - com os diagnósticos obtidos com a aplicação da "Structured Clinical Interview for Diagnosis (SCID-I)" por psiquiatra em 120 pacientes, com idade a partir de quinze anos. Os médicos responderam uma escala sobre a aplicabilidade do MINI e os ACS e auxiliares de enfermagem responderam uma escala sobre a aplicabilidade dos questionários. Os dados foram colhidos entre setembro de 2003 e outubro de 2004. Resultados: Foramanalisadas as concordâncias para os seguintes diagnósticos entre o MINI e a SCID-I: qualquer transtorno mental; transtornos depressivos em geral, episódio depressivo maior e distimia; transtornos ansiosos em geral, transtorno de ansiedade generalizada e transtorno do pânico; transtornos por uso de substâncias. Coeficientes kappa variaram entre 0.65 e 0.85; sensibilidades, entre 0.75 e 0.92; especificidades, entre 0.90 e 0.99; valores preditivos positivos ) (VPP), entre 0.60 e 0.86; valores preditivos negativos (VPN), entre 0.92 e 0.99; acurácias totais entre 0.88 e 0.98. Os médicos consideraram satisfatórias a compreensibilidade e a relevância clínica do MINI; a brevidade de sua aplicação nos pacientes foi considerada satisfatória apenas com a utilização de rastreamento prévio. Os valores de curva ROC para os resultados da aplicação do SRQ, WHO-5 e o Quadro Sentimentos dos Quadros COOP/WONCA foram maiores que 0.80 (respectivamente 0.918, 0.900 e 0.877); suas acurácias totais foram idênticas (85%) e suas sensibilidades, especificidades, VPP e VPN muito semelhantes. Os ACS e auxiliares de enfermagem consideraram satisfatórias a compreensibilidade e relevância clínica dos questionários e consideraram viável aplicação de cada um a cada seis meses em todos os pacientes, embora não tenham considerado viável aplicá-los em todo atendimento realizado para cada paciente. Conclusões: O presente estudo mostrou que o MINI é um instrumento útil, com boasqualidades psicométricas, quando utilizado por médicos que trabalham em APS. Este resultado pressupõe um programa de treinamento com estratégias de aprendizagem diversificadas e realizadas dentro do trabalho quotidiano desses profissionais. O SRQ, o WHO-5 e o item Sentimentos dos Quadros COOP/WONCA apresentaram índices de validade semelhantes e elevados como instrumentos de rastreamento, além de boa aplicabilidade, o que os torna aptos a serem utilizados por auxiliares de enfermagem e ACS em condições semelhantes às do presente estudo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.05.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARQUES, João Mazzoncini de Azevedo; ZUARDI, Antonio Waldo. Detecção e diagnóstico de transtornos mentais pela equipe do programa de saúde da família. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Marques, J. M. de A., & Zuardi, A. W. (2009). Detecção e diagnóstico de transtornos mentais pela equipe do programa de saúde da família. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Marques JM de A, Zuardi AW. Detecção e diagnóstico de transtornos mentais pela equipe do programa de saúde da família. 2009 ;
    • Vancouver

      Marques JM de A, Zuardi AW. Detecção e diagnóstico de transtornos mentais pela equipe do programa de saúde da família. 2009 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020