Exportar registro bibliográfico

Avaliação in vitro e in situ do efeito dos íons ferro na erosão da superfície dentária bovina e humana (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KATO, MELISSA THIEMI - FOB
  • Unidades: FOB
  • Sigla do Departamento: BAO
  • Subjects: EROSÃO DE DENTE; FERRO (CONCENTRAÇÃO); DESMINERALIZAÇÃO DENTINÁRIA; ESMALTE DENTÁRIO; DENTINA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo geral deste estudo foi avaliar o efeito do íon ferro na inibição da erosão de dentes bovino e humano provocada por bebidas ácidas, em estudos in vitro e in situ. O estudo foi realizado em três etapas. No 1° subprojeto, foi avaliado, in vitro, o efeito de concentrações crescentes de ferro na dissolução do pó de esmalte bovino, quando adicionado à Coca-Cola® e à Sprite Zero®. A concentração de ferro, para a qual foi observada inibição de perda de fósforo, foi utilizada nos experimentos seguintes. Para se determinar a quantidade de esmalte dissolvido foi analisado o fósforo por método colorimétrico. Os dados foram analisados por ANOVA e teste de Tukey (p<0,05). No 2º subprojeto (in vitro), blocos de esmalte bovino foram expostos a 4 ciclos de desmineralização em Coca-Cola®, contendo ou não 10 mmol/L de ferro (experimental e controle, respectivamente). Cada ciclo de desmineralização foi seguido por um ciclo de remineralização em saliva artificial. O 3º subprojeto foi constituído por um estudo in situ, cruzado, no qual 10 voluntários utilizaram dispositivos palatinos, contendo 2 blocos de esmalte e 2 de dentina humanos durante 2 fases de 5 dias cada. A diferença entre estas fases foi a adição ou não de ferro a 10 mmol/L ao refrigerante tipo cola, antes da imersão do dispositivo na mesma. Os voluntários imergiram os dispositivos por 5 minutos em 150 mL de Coca-Cola®, contendo ou não ferro, 4 vezes ao dia. O efeito do ferro na inibição da erosão, tanto do 2ºcomo do 3º subprojetos, foi avaliado pela %PDS e análise de desgaste. Os dados foram analisados usando teste t (p<0,05). Resultados: Subprojeto 1- quando ferro a 30 e 60 mmol/L foi adicionado à Coca-Cola®, uma redução na dissolução do pó de esmalte foi observada quando comparado ao controle (11 e 17%, respectivamente), enquanto concentrações menores não tiveram nenhum efeito. Com relação à Sprite Zero®, concentrações de ferro acima de 10 mmol/L não ) tiveram efeito significativo, enquanto concentrações maiores aumentaram significativamente a dissolução do pó de esmalte
  • Imprenta:
    • Place of publication: Bauru
    • Date published: 2007
  • Data da defesa: 05.03.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KATO, Melissa Thiemi; BUZALAF, Marília Afonso Rabelo. Avaliação in vitro e in situ do efeito dos íons ferro na erosão da superfície dentária bovina e humana. 2007.Universidade de São Paulo, Bauru, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25141/tde-21062007-094550/ >.
    • APA

      Kato, M. T., & Buzalaf, M. A. R. (2007). Avaliação in vitro e in situ do efeito dos íons ferro na erosão da superfície dentária bovina e humana. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25141/tde-21062007-094550/
    • NLM

      Kato MT, Buzalaf MAR. Avaliação in vitro e in situ do efeito dos íons ferro na erosão da superfície dentária bovina e humana [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25141/tde-21062007-094550/
    • Vancouver

      Kato MT, Buzalaf MAR. Avaliação in vitro e in situ do efeito dos íons ferro na erosão da superfície dentária bovina e humana [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25141/tde-21062007-094550/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020