Exportar registro bibliográfico

Otimização da vacina DNA-hsp65 pela estratégia de "prime-boost" (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: GONÇALVES, EDUARDO DANTAS CASILLO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: TUBERCULOSE; VACINAS (PESQUISA;DESENVOLVIMENTO); IMUNOLOGIA CELULAR
  • Language: Português
  • Abstract: o aumento crescente do número de casos de tuberculose notificados no mundo revela um problema sério de saúde pública. Embora a tuberculose seja tratável com quimioterápicos e a vacina BCG tenha eficácia protetora na meningite tuberculosa e formas disseminadas desta infecção em criança, dificuldades associadas ao tratamento (cepas multi-droga resistentes e eficácia variável desta vacina em adultos) mostram a necessidade premente de uma nova estratégia vacinal para controle da tuberculose. Nesse contexto, a caracterização de uma nova estratégia vacinal que inclua o BCG é altamente desejável e promissora. Foi mostrado anteriormente que a vacina DNA-hsp65 apresentou elevada imunogenicidade e eficácia protetora em modelo experimental de tuberculose. Neste trabalho nós demonstramos que o esquema "prime-boost" empregando BCG por via intranasal como "prime", seguido de um "boosf' com DNA-hsp65 por via intramuscular (BCGinIDNA), desencadeou efeito profilático caracterizado por diminuição significativa do número de unidades formadoras de colônias em animais desafiados com M. tuberculosis. Além de ser significativamente mais imunogênica do que o BCG sozinho, a estratégia BCGin/DNA induziu níveis elevados de IFN-y, IL 12 e TNF-a nos pulmões dos animais 30 e 70 dias após o desafio. No grupo BCGinlDNA também foi constatado aumento na freqüência de células CD4+ e CD8+ efetoras e de memória significativamente maior do que nos demais grupos. Essa resposta resultou napreservação do parênquima pulmonar com poucos focos granulomatosos isolados. Verificamos também que a transferência de células dendríticas linfóides (CD11c+CD8+), purificadas de animais imunizados pela estratégia BCGinIDNA, para animais normais resultou em proteção quando os mesmos foram infectados com M. tuberculosis, ressaltando, desta forma, a contribuição dessas células na resposta imune contra-.- a tuberculose. Outras combinações de BCG por via intranasal ou subcutânea com a vacina de DNA-hsp65 foram investigadas, entretanto os resultados observados foram menos significativos do que os referentes ao protocolo BCGin/DNA. Nossos resultados mostram, portanto, que a imunização prévia com BCG seguida de um reforço com a vacina DNA-hsp65 resultou em maior imunogenicidade e maior eficácia protetora, em comparação com BCG ou DNA-hsp65 administradas de forma individual, sugerindo que esta estratégia é altamente promissora na profilaxia da tuberculose
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.10.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONÇALVES, Eduardo Dantas Casillo; SILVA, Célio Lopes. Otimização da vacina DNA-hsp65 pela estratégia de "prime-boost". 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Gonçalves, E. D. C., & Silva, C. L. (2006). Otimização da vacina DNA-hsp65 pela estratégia de "prime-boost". Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Gonçalves EDC, Silva CL. Otimização da vacina DNA-hsp65 pela estratégia de "prime-boost". 2006 ;
    • Vancouver

      Gonçalves EDC, Silva CL. Otimização da vacina DNA-hsp65 pela estratégia de "prime-boost". 2006 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020