Exportar registro bibliográfico

Processamento auditivo: treinamento auditivo e ordenação temporal (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: GARCIA, VERA LUCIA - FOB
  • Unidade: FOB
  • Subjects: PERCEPÇÃO AUDITIVA; FONOAUDIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O processamento auditivo diz respeito à percepção auditiva e envolve inúmeros mecanismos auditivos, entre eles, os de discriminação e ordenação dos processos temporais do som. A discriminação e ordenação dos padrões de freqüência e de duração sonora exercem um papel fundamental na habilidade de segmentar sons da fala, aquisição e compreensão da linguagem, como também, podem interferir na aquisição da leitura e escrita. Técnicas específicas de treinamento auditivo podem influenciar positivamente os processos auditivos temporais de indivíduos que apresentem disfunções auditivas centrais. O objetivo deste trabalho foi de descrever o treinamento auditivo realizado com um sujeito portador de disfunção auditiva, especificamente de ordenação temporal. Métodos: Paciente do gênero masculino, nove anos de idade, com queixa de distúrbio de leitura e escrita e atenção. Na avaliação audiológica básica, apresentou resultados dentro do limite de normalidade com índice percentual de reconhecimento de fala com gravação de 100% bilateral. As medidas de imitância acústica e emissões otoacústicas transientes revelaram padrões de normalidade. Submetido a avaliação do processamento auditivo apresentou dificuldades de ordenação temporal (Teste de Padrão de Freqüênci a e Duração), apresentando resultados normais em provas dicóticas, dióticas e monóticas com baixa redundância. Na avaliação de linguagem revelou dificuldades no código gráfico referentes à correspondênciafonema/grafema e alteração nas provas de consciência fonológica principalmente em consciência fonêmica, manipulação fonêmica, segmentação fonêmica e transposição fonêmica. Resultados: O programa terapêutico consistiu de treinamento auditivo com dois Cd-roms denominados de "Estruturação Temporal " propostos por Antonio M Araújo e Francisca CRS Araújo, com seqüências de tons puros para serem ouvidos e reproduzidos, assim como um trabalho com consciência )fonológica nos últimos 10 minutos de cada sessão. As provas do treinamento auditivo consistiram na repetição de seqüências de tons ouvidas, que variaram a quantidade de elementos e pausas. Foram realizadas oito sessões terapêuticas, de forma semanal, de uma hora de duração com o referido material. Após as oito sessões o paciente foi reavaliado, sendo a avaliação do processamento auditivo normal e houve melhora considerável nas provas de consciência fonológica. Embora não se tenha realizado trabalho com os aspectos gráficos houve redução das alterações na escritas notadas pela família e professores. Conclusão: Diante dos resultados concluiu-se que o treinamento auditivo proposto foi eficiente para tratar as alterações encontradas, subsidiando os achados dos modelos "bottom up" que consideram que comprometimentos lingüísticos ou cognitivos podem ser resultantes de problemas perceptuais mais primários
  • Imprenta:
  • Source:
    • Título do periódico: Anais
  • Conference titles: Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GARCIA, Vera Lúcia; FERNANDES, G. B.; NICOLIELO, Ana Paola. Processamento auditivo: treinamento auditivo e ordenação temporal. Anais.. Salvador: [s.n.], 2006.
    • APA

      Garcia, V. L., Fernandes, G. B., & Nicolielo, A. P. (2006). Processamento auditivo: treinamento auditivo e ordenação temporal. In Anais. Salvador.
    • NLM

      Garcia VL, Fernandes GB, Nicolielo AP. Processamento auditivo: treinamento auditivo e ordenação temporal. Anais. 2006 ;
    • Vancouver

      Garcia VL, Fernandes GB, Nicolielo AP. Processamento auditivo: treinamento auditivo e ordenação temporal. Anais. 2006 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021