Exportar registro bibliográfico

Fatores dietéticos e Câncer de mama na Paraíba: um estudo de caso-controle (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: LIMA, FLAVIA EMILIA LEITE DE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HNT
  • Subjects: NEOPLASIAS MAMÁRIAS (EPIDEMIOLOGIA;ETIOLOGIA); FATORES DE RISCO; NUTRIÇÃO; DIETA; CONSUMO DE ALIMENTOS
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Investigar o papel da dieta na etiologia do câncer de mama. Métodos: Realizou-se um estudo tipo caso-controle de base hospitalar no Município de João Pessoa, Paraíba. Participaram 183 indivíduos (89 casos e 94 controles) na faixa etária de 30 a 80 anos, com pareamento por idade, pela distribuição de casos. Foi aplicado um questionário sobre prática de atividade física, peso e altura. Os dados de consumo alimentar foram obtidos através de um questionário quantitativo de freqüência alimentar (QQFA), desenvolvido e aferido para o estudo. A validade do QQFA foi testada comparando-se a ingestão de nutrientes com a média de 4 recordatórios de 24horas (método de referência), através da análise dos coeficientes de correlação de Pearson (brutos, ajustados pela caloria e corrigido pela variância intraindividual). O consumo alimentar de casos e controles foi avaliado por nutrientes, alimentos e grupos de alimentos categorizados em tercis de consumo pela distribuição esperada no grupo controle. A estimativa dos valores da Odds Ratio (OR) e Intervalos de Confiança de 95 por cento foi realizada por regressão logística múltipla não-condicional. Resultados: As variáveis procedência de idade da menopausa foram estatisticamente diferentes entre casos e controles (p<0,05). Em relação a reprodutividade do QQFA,Os coeficientes de correlação brutos variaram entre 0,09(para vitamina A) e 0,68(energia) e após o ajuste pela caloria, as correlações decresceram, variando de r=0,05para proteínas a r=0,21 para lipídios. O QQFA mostrou um bom desempenho para classificar os indivíduos de acordo com o consumo habitual, exceto para a proteína (r=0,17). Foi observada uma associação positiva, porém não significativa, para o consumo de proteínas no seu tercil mais alto e o câncer de mama (OR=1,90; IC95 por cento= 0,74-4,86). ) Para vitamina A, Vitamina C e beta-caroteno não foi observada associação estatisticamente significativa com o câncer de mama. O consumo de feijão e de alimentos dos grupos de cereais, frutas e sucos e do leite e derivados apresentaram uma associação negativa estatisticamente significativa para câncer de mama. O consumo de carne vermelha e carnes fritas esteve associado positivamente ao risco de câncer de mama. Conclusões: Não foram encontradas evidências de associação entre câncer de mama e nutrientes. Alguns hábitos inerentes à alimentação das mulheres na Paraíba (consumo de frutas, leite, feijão) podem proteger contra o desenvolvimento do câncer de mama.(AU)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, Flávia Emília Leite de; FISBERG, Regina Mara. Fatores dietéticos e Câncer de mama na Paraíba: um estudo de caso-controle. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Lima, F. E. L. de, & Fisberg, R. M. (2004). Fatores dietéticos e Câncer de mama na Paraíba: um estudo de caso-controle. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Lima FEL de, Fisberg RM. Fatores dietéticos e Câncer de mama na Paraíba: um estudo de caso-controle. 2004 ;
    • Vancouver

      Lima FEL de, Fisberg RM. Fatores dietéticos e Câncer de mama na Paraíba: um estudo de caso-controle. 2004 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020