Exportar registro bibliográfico

Resistência à flexão e à fadiga da resina acrílica quimicamente ativada, acrescida de fibras híbridas (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA, ANDREA GOMES DE - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: RESINAS ACRÍLICAS; PRÓTESE; MATERIAIS DENTÁRIOS; REABILITAÇÃO BUCAL
  • Language: Português
  • Abstract: Desde a década de 1940, a resina acrílica tem sido o material mais utilizado em próteses odontológicas. Entretanto, sua grande desvantagem tornou-se a alta possibilidade de fraturas em serviço, que normalmente ocorrem por fadiga flexural. Como alternativa para reforçar o poli-metil metacrilato são aplicados alguns elementos, entre eles as fibras de vidro e aramida. Procurando conhecer o efeito da utilização de uma fibra híbrida de aramida e vidro no reforço da resina acrílica ativada quimicamente, testes de flexão e fadiga foram realizados através da Máquina Universal de Ensaios (EMIC-Modelo MEM 2000), em 40 corpos de prova retangulares. Também foi observado em Microscópio de Varredura Eletrônica, o grau de união das fibras híbridas à matriz resinosa, após o tratamento superficial das mesmas por imersão na resina fluida. Os resultados , desse estudo mostraram o aumento da resistência flexural e a diminuição da resistência à fadiga da resina reforçada pela fibra híbrida, além da ausência de união fibra/matriz nas amostras estudadas. Concluímos que a incorporação da fibra híbrida gera a diminuição da resiliência das amostras, produzindo valores maiores para as forças de ruptura em flexão, e quando de esforços cíclicos, leva à falha prematura do material. Sugerimos estudos com o emprego de agentes de união fibra/matriz
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.07.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Andréa Gomes de; PANZERI, Heitor. Resistência à flexão e à fadiga da resina acrílica quimicamente ativada, acrescida de fibras híbridas. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Oliveira, A. G. de, & Panzeri, H. (2003). Resistência à flexão e à fadiga da resina acrílica quimicamente ativada, acrescida de fibras híbridas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Oliveira AG de, Panzeri H. Resistência à flexão e à fadiga da resina acrílica quimicamente ativada, acrescida de fibras híbridas. 2003 ;
    • Vancouver

      Oliveira AG de, Panzeri H. Resistência à flexão e à fadiga da resina acrílica quimicamente ativada, acrescida de fibras híbridas. 2003 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021