Exportar registro bibliográfico

Alteração na reatividade vascular decorrente do aumento na concentração plasmática de homocisteína, induzida por administração crônica de DL-Metionina (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: BONAVENTURA, DANIELLA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Subjects: FÁRMACOS; FARMACOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O aumento na concentração plasmática de homocisteína promove lesão de células endoteliais e proliferação de células do músculo liso vascular. A concentração plasmática de homocisteína pode estar aumentada devido a alterações genéticas em enzimas responsáveis pela sua degradação, deficiência de vitamina B6, B12 e ácido fólico que são co-fatores enzimáticos utilizados no seu metabolismo e suplementação de metionina na dieta. O presente trabalho mostra que o tratamento com diferentes doses de DL-metionina (0,1; 1 e 2 g/Kg/dia) por 2, 4, 8 e 16 semanas, promove aumento na concentração plasmática de homocisteína de forma tempo e concentração-dependentes. Os estudos funcionais, em carótidas provenientes de ratos tratados e controles, mostram que o aumento na concentração plasmática de homocisteína não acarretou em alterações das curvas concentração-efeito para o cloreto de potássio e acetilcolina. Estes dados mostram integridade da maquinaria contrátil e da cascata intracelular responsável pela síntese e liberação de óxido nítrico, respectivamente. A reatividade vascular a angiotensina II (Ang II) após 2 e 4 semanas de tratamento com DL-metionina não foi alterada. Entretanto, após 8 e 16 semanas de tratamento com DL-metionina houve aumento significativo no valor do efeito máximo (Emax: g/mg) e redução na potência (pD2:-log EC50) (8 semanas - 0,1 g/Kg/dia e 16 semanas 2 g/Kg/dia) da Ang II em carótidas de ratos tratados comparados ao controle. Em presença deindometacina não se observa diferença significativa nos valores de Emax e pD2 da angiotensina II (Ang II) em carótidas de ratos tratados comparados ao controle. O Emax da Ang I é menor, em carótidas provenientes de ratos tratados comparativamente aos valores observados no controle. Curvas para Ang I e Ang lI, em aorta torácica de ratos tratados e controle, apresentam as mesmas alterações de Emax e pD2 observadas em carótidas. O aumento na concentração ) plasmática de homocisteína foi acompanhado de redução do relaxamento induzido pela bradicinina (Bk) após 8 (DL-metionina: 2 g/Kg/dia) e 16 semanas (DL-metionina: 0,1; 1 e 2 g/Kg/dia) de tratamento e redução de pD2 após 4 e 16 semanas de tratamento. Após incubação da preparação com indometacina não houve diferença significativa nos valores de Emax e pD2 da Bk em carótidas de ratos tratados comparados ao controle. O presente trabalho mostra que o tratamento com DL-metionina aumenta os níveis séricos de homocisteína de forma concentração e tempo dependentes. Observa-se ainda que a homocisteína, em altas concentrações, não altera a reatividade vascular do KCI e acetilcolina, embora promova alteração de reatividade da Ang II e Bk. A alteração de reatividade da Ang II está possivelmente associada ao aumento na síntese de produtos do ácido araquidônico e/ou a provável redução na quantidade ou atividade da ECA. A reatividade vascular à Bk foi alterada provavelmente pelo aumento na síntese de produtos do ácidoaraquidônico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.08.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BONAVENTURA, Daniella; OLIVEIRA, Ana Maria de. Alteração na reatividade vascular decorrente do aumento na concentração plasmática de homocisteína, induzida por administração crônica de DL-Metionina. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Bonaventura, D., & Oliveira, A. M. de. (2002). Alteração na reatividade vascular decorrente do aumento na concentração plasmática de homocisteína, induzida por administração crônica de DL-Metionina. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bonaventura D, Oliveira AM de. Alteração na reatividade vascular decorrente do aumento na concentração plasmática de homocisteína, induzida por administração crônica de DL-Metionina. 2002 ;
    • Vancouver

      Bonaventura D, Oliveira AM de. Alteração na reatividade vascular decorrente do aumento na concentração plasmática de homocisteína, induzida por administração crônica de DL-Metionina. 2002 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021