Exportar registro bibliográfico

Efeito dos antagonistas de receptores excitatórios, lamotrigina, nimodipina e cetamina e alguns componentes isolados da peçonha da aranha Parawixia bistriata na lesão neuronial seletiva por isquemia seguida da reperfusão: análise histológica qualitativa e quantitativa (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: GUIZZO, RENATO - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: VENENOS DE ORIGEM ANIMAL (EXPERIMENTAÇÃO;ESTUDO COMPARATIVO); ARANHAS; BIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Os neurotransmissores para os aminoácidos excitatórios são importantes mediadores da lesão isquêmica na retina e sistema nervoso de mamíferos. O L-glutamato é um neurotransmissor excitatório que está envolvido em importantes processos tais como, desenvolvimento, plasticidade, memória entre outros, além do envolvimento na toxidade neuronial. Antagonistas dos receptores glutamatérgicos são promissoras drogas modelo neuroprotetoras em animais de laboratório. Por outro lado, o GABA é o mais importante neurotransmissor inibitório da retina e sistema nervoso de mamíferos. A potenciação deste pode servir como um mecanismo de neuroproteção. Inúmeras evidências comprovam que em peçonhas de aranhas de teia são encontrados antagonistas seletivos para os receptores glutamatérgicos, também fornecendo potenciais fármacos neuroprotetores e bioinseticídas. Estudamos a isquemia aguda por 60 min, com e sem reperfusão de 45 min, produzida por uma coluna de ar (155mmHg), na câmara interna do olho de ratos Wistar. Na tentativa de inibir o quadro anóxico-isquêmico, foram utilizadas: a lamotrigina, a nimodipina, a cetamina e a peçonha da aranha Parawixia bistriata, soluções de 1 gl (1,8 mg/mL) e 10 gl (6,8 mg/mL), além de duas frações isoladas, as quais, aparentemente, são estimuladores da recaptação do L-glutamato e/ou inibidores da recaptação do GABA em sinaptosomas cérebro corticais de ratos. A análise quantitativa, média das contagens de células, mostrou que a lamotrigina,nimodipina e cetamina protegeram diferentemente as camadas da retina, quando se comparou os animais tratados com os não tratados. Na camada nuclear externa o melhor grau de proteção foi obtido com a cetamina, 33% na isquemia e 32 % na isquemia/reperfusão. A camada nuclear interna foi melhor protegida com a cetamina, 49% na isquemia e 37% na isquemia/reperfusão. Nas ganglionares o melhor grau de proteção foi obtido com a lamotrigina, 41 % na isquemia e ) 33% na isquemialreperfusão. A peçonha também protegeu a retina quando se comparou os experimentos de isquemia e isquemia/reperfusão. Na isquemia, a solução de 10 gl protegeu melhor a camada nuclear externa, 26% e a camada nuclear interna, 50%. Na isquemialreperfusão, a solução de 1 gl melhor protegeu a camada nuclear externa em 28%, e a camada nuclear interna em 39%. As ganglionares na isquemia foram melhor protegidas pela fração PbTx 2.2.1, 42%. Na isquemia/reperfusão a fração PbTx 1.1.2 protegeu melhor as ganglionares, 25%. A técnica de Glees-Marsland mostrou que as retinas que receberam tratamentos com as drogas tiveram lesões "finas". No tratamento com a fração 2.2.1 as estruturas em estudo da retina foram preservadas, não apresentando degeneração evidenciada por esta técnica. As células das retinas coradas com vermelho neutro, a princípio, não apresentaram apoptose exceto as dos animais que foram tratadas com nimodinina na isquemia e com a solução de 10 gl naisquemia/reperfusão. Os experimentos de incorporação mostraram que no tempo de 120 min o ['ANTPOT.3 H'] L-GLU e ['ANTPOT.3H'] GABA foram incorporados de maneira satisfatória. Os radioautogramas apresentaram correlação com os experimentos de neuroproteção. Observou-se marcação dos grãos de prata que se co-localizam com os sítios específicos para o L-GLU e GABA triciados. Na incubação com ['ANTPOT.3 H'] L-GLU, as retinas dos animais tratados com as drogas lamotrigina, nimodipina ecetamina e peçonha de P. bistriata, 1 e 10 gl, apresentaram menor marcação dos grãos de prata em relação ao controle, provavelmente devido ao bloqueio dos receptores para o L-GLU. As retinas dos animais tratados com a peçonha 1 gl, 10 gl e fração PbTx 2.2.1, incubadas com ['ANTPOT.3 H'] GABA, apresentaram maior marcação de grãos de prata. Provavelmente por componentes existentes na peçonha a fração que inibem a recaptação do GABA, aumentando a ) afinidade de ligação deste neurotransmissor com seus respectivos receptores. Os resultados obtidos apontam propriedades neuroprotetoras por componentes presentes nesta peçonha. A neuroproteção proporcionada pelas frações parcialmente isoladas (PbTx 2.2.1 e 1.1.2) pode, a princípio, ser de interesse terapêutico como droga-modelo na morte neuronial em animais de laboratório e ferramenta na área de Neurociências
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.08.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GUIZZO, Renato; SANTOS, Wagner Ferreira dos. Efeito dos antagonistas de receptores excitatórios, lamotrigina, nimodipina e cetamina e alguns componentes isolados da peçonha da aranha Parawixia bistriata na lesão neuronial seletiva por isquemia seguida da reperfusão: análise histológica qualitativa e quantitativa. 2001.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2001.
    • APA

      Guizzo, R., & Santos, W. F. dos. (2001). Efeito dos antagonistas de receptores excitatórios, lamotrigina, nimodipina e cetamina e alguns componentes isolados da peçonha da aranha Parawixia bistriata na lesão neuronial seletiva por isquemia seguida da reperfusão: análise histológica qualitativa e quantitativa. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Guizzo R, Santos WF dos. Efeito dos antagonistas de receptores excitatórios, lamotrigina, nimodipina e cetamina e alguns componentes isolados da peçonha da aranha Parawixia bistriata na lesão neuronial seletiva por isquemia seguida da reperfusão: análise histológica qualitativa e quantitativa. 2001 ;
    • Vancouver

      Guizzo R, Santos WF dos. Efeito dos antagonistas de receptores excitatórios, lamotrigina, nimodipina e cetamina e alguns componentes isolados da peçonha da aranha Parawixia bistriata na lesão neuronial seletiva por isquemia seguida da reperfusão: análise histológica qualitativa e quantitativa. 2001 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021