Exportar registro bibliográfico

Representações sociais de professores sobre o bullying e seu enfrentamento no contexto da prática docente (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: MELLO, FLÁVIA CARVALHO MALTA DE - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: BULLYING; VIOLÊNCIA; ENFRENTAMENTO; REPRESENTAÇÕES SOCIAIS
  • Keywords: Bullying; Confrontation; Enfrentamento; Intersectoriality; Intersetorialidade; Prática Docente; Professores; Representações Sociais; Social Representations; Teachers; Teaching Practice; Violence; Violência
  • Language: Português
  • Abstract: reconhecem que o problema afeta a dinâmica escolar em vários aspectos, causando exclusão e impactos negativos na aprendizagem, na saúde e no desenvolvimento do aluno, assim como nas relações sociais e no ambiente escolar. O estudo revelou dois grandes desafios aos docentes: 1º) A dificuldade no reconhecimento do fenômeno frente a outros tipos de violência manifestados no contexto, tais como atos isolados e não repetitivos de violência escolar. Embora, teoricamente, os docentes soubessem conceituar o fenômeno, talvez pelo fato da mídia abordá-lo em quantidade excessiva, contudo, na prática, o reconhecimento do problema é algo complexo. 2º) O outro desafio revelado pelo estudo é a ausência de trabalho articulado e intersetorial frente ao fenômeno, salvo alguns projetos desconectados e não resolutivos, reforçados na transmissão de valores morais aos alunos. Observou-se que os professores entrevistados agiram pontual e emergencialmente, porém, não de modo a enfrentar efetivamente o fenômeno. Não evidenciamos nenhuma ação articulada entre direção da escola e professores, entre escola e Secretaria Municipal da Educação e tampouco entre escola e serviços de saúde, ou demais áreas sociais adjacentes. Os professores não se furtaram em buscar formas de combate aos vários tipos de violência escolar, ainda que pontuais e desarticuladas. Entretanto, tais ações não se mostraram efetivas, acabando por reforçar práticas de violência cada vez mais recorrentes no âmbito escolar. Diantedisto, constatou-se que a escola continua reproduzindo a exclusão social, a violência, e, sobretudo, o bullying de grande parcela de alunos que por ali passam, fazendo-se premente a construção e implementação de programas de enfrentamentos na perspectiva da intersetorialidade consolidados, quiçá por políticas públicas de ordem municipal, estadual ou federalEstudos nacionais e internacionais têm revelado que o bullying expõe crianças e adolescentes à condição de vulnerabilidade. Sabe-se também que não é a escola a única responsável pela produção de violência neste contexto, pois trata-se de um fenômeno complexo, dinâmico, multifacetado e multicausal, com raízes também em questões de ordem macrossociais e econômicas, exigindo, portanto, enfrentamentos no contexto da intersetorialidade. Este estudo cuja abordagem metodológica foi qualitativa, teve como objetivos apreender as representações sociais dos professores sobre o bullying entre os alunos e conhecer as estratégias adotadas frente ao fenômeno no contexto da prática docente. A pesquisa foi desenvolvida em 4 escolas da rede municipal de educação, localizadas na Região Norte da cidade de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, as quais foram selecionadas por fazerem parte do contexto de atuação profissional da pesquisadora. Por conseguinte, o grupo participante foi representado por 10 professores de quintos anos do primeiro segmento do Ensino Fundamental. Como instrumento de coleta de dados, optou-se pela entrevista semiestruturada e a análise dos dados foi realizada à luz da Teoria das Representações Sociais. Reconhece-se que os professores são sujeitos de transformação com possibilidades de (re) construção de práticas que sejam referência no enfrentamento do fenômeno na escola. Os resultados demonstraram que os professores sabem conceituar teoricamente o fenômeno bullying,
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.03.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MELLO, Flávia Carvalho Malta de; SILVA, Marta Angélica Iossi da. Representações sociais de professores sobre o bullying e seu enfrentamento no contexto da prática docente. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04072018-160821/ >.
    • APA

      Mello, F. C. M. de, & Silva, M. A. I. da. (2018). Representações sociais de professores sobre o bullying e seu enfrentamento no contexto da prática docente. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04072018-160821/
    • NLM

      Mello FCM de, Silva MAI da. Representações sociais de professores sobre o bullying e seu enfrentamento no contexto da prática docente [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04072018-160821/
    • Vancouver

      Mello FCM de, Silva MAI da. Representações sociais de professores sobre o bullying e seu enfrentamento no contexto da prática docente [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04072018-160821/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021