Exportar registro bibliográfico

Determinantes sociais da saúde: do conceito à prática nos desfechos de gestações não pretendidas que resultam em aborto provocado (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: AKERMAN, MARCO - FSP
  • Unidade: FSP
  • Subjects: ABORTO INDUZIDO; MORBIDADE; DETERMINANTES SOCIAIS DA SAÚDE
  • Language: Português
  • Abstract: Apresentação/introdução: O presente trabalho dá continuidade a nossa linha de pesquisa sobre aborto inseguro (AI), características sociodemográficas associadas (CSD) e morbidade, e aprofunda a análise em relação aos determinantes sociais da saúde (DSS) que exercem influência sobre essa ocorrência gerando iniquidades em saúde, em uma população vulnerável da cidade de São Paulo. Objetivos: Este novo projeto tem como objetivo comparar os dados obtidos nessa população com dados de outros 2 tipos de aborto provocado (AP) conforme situação e local do procedimento. Metodologia: Para tanto, foram comparados 3 grupos de 51 mulheres com AP (153 ao todo): um grupo com AI (Favela), outro com AP “legal e seguro” (Hospital Público de São Paulo) e um terceiro com AP “ilegal e seguro” realizado em clínicas particulares (Particular). Na análise estatística dos dados, foram efetuadas análises univariadas e múltipla de Regressão Logística Multinomial (RLMM) para as 3 categorias de AP, nomeadas por local, tendo como referência o local “Particular”. Foram realizadas análises com medidas de associação prévias para todos os grupos de mulheres antes da escolha do grupo “Particular” como referência. Resultados: Resultados - as características sociodemográficas cujas variáveis categorizadas permaneceram nos modelos finais de RLMM tanto para AI (“favela”) como para aborto legal e seguro (“hospital público”) foram: renda, escolaridade e naturalidade ou origem, com odds ratios (OR) estatisticamente significativas para os 2 grupos e cor (etnia negra/cor preta) significativa para AI.No que tange à morbidade, a diferença entre os três grupos de mulheres foi altamente significativa e relevante. Enquanto no grupo com AI 92,15% das mulheres declararam complicações pós aborto, não foi encontrado, ou referido, nenhum caso de complicação nos dois grupos de mulheres submetidas a abortos seguros. Conclusões/Considerações: Concluímos que os DSS que influenciam o AI também influenciam a ocorrência dos casos de violência sexual (estupro) das mulheres atendidas no hospital analisado, gerando iniquidades de proporções diversas, com maior prevalência de mulheres atingidas pelos dois agravos à saúde entre as mulheres de renda mais baixa, baixo nível de escolaridade, migrantes ou moradoras na periferia da cidade e etnia negra/cor preta (para AI)
  • Imprenta:
  • Source:
  • Conference titles: Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FUSCO, Carmen L. B; AKERMAN, Marco; DREZETT, Jefferson; SILVA, Rebeca de Souza e. Determinantes sociais da saúde: do conceito à prática nos desfechos de gestações não pretendidas que resultam em aborto provocado. Anais.. Goiânia: Abrasco, 2015.Disponível em: .
    • APA

      Fusco, C. L. B., Akerman, M., Drezett, J., & Silva, R. de S. e. (2015). Determinantes sociais da saúde: do conceito à prática nos desfechos de gestações não pretendidas que resultam em aborto provocado. In Resumos. Goiânia: Abrasco. Recuperado de http://www.saudecoletiva.org.br/2015/anais/index_int.php?id_trabalho=3292
    • NLM

      Fusco CLB, Akerman M, Drezett J, Silva R de S e. Determinantes sociais da saúde: do conceito à prática nos desfechos de gestações não pretendidas que resultam em aborto provocado [Internet]. Resumos. 2015 ;Available from: http://www.saudecoletiva.org.br/2015/anais/index_int.php?id_trabalho=3292
    • Vancouver

      Fusco CLB, Akerman M, Drezett J, Silva R de S e. Determinantes sociais da saúde: do conceito à prática nos desfechos de gestações não pretendidas que resultam em aborto provocado [Internet]. Resumos. 2015 ;Available from: http://www.saudecoletiva.org.br/2015/anais/index_int.php?id_trabalho=3292


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021