Exportar registro bibliográfico

Para uma etiologia da renúncia ao professar: alguns apanhados da corte ao neoliberalismo no Brasil (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated author: SACCO, RICARDO DIAS - FE
  • School: FE
  • Subjects: TEORIA PSICANALÍTICA; DESEJO; RENÚNCIA
  • Keywords: Adoecimento docente,Teoria psicanalítica; Desejo; Desire; História da educação; History of education; Psychoanalytic history; Renúncia; Resignation; Teacher disease
  • Language: Português
  • Abstract: Quase ninguém ousa discordar que a vida profissional do professor de educação básica no Brasil seja tarefa desprestigiada, mal remunerada e que não haja condições físicas mínimas necessárias e, por outro lado, que não seja requisitado grande investimento pessoal, pelo fato do ato professoral depender primordialmente de uma espécie de \"dom\". Todavia, a escola e a figura do professor não passam de meras criações humanas, assim como as imagens das condições de mal-estar em que o professor trabalha também as são; embora termo-nos acostumado a esquecer que assim sejam. As imagens habitam o seio de um discurso consolidado como verdade sobre a profissão do mestre, mas que, nem por isso, funciona a despeito da estipulação de posições discursivas ou de definições de conceitos. Isto é, não é isento de um programa de qualificação e desqualificação do outro. Em outras palavras, enquanto alguns professores adoecem dando aulas, outros se curam; enquanto alguns se afastam da precariedade das condições escolares, outros se enunciam pela e na transposição delas. O que realoca a pesquisa sobre renúncia professoral para além do discurso hegemônico de toda sorte de precariedades e desprestígios da escola ou mesmo da existência material de um mal-estar propriamente docente, que vija exclusivamente durante o professorar e que, portanto, seja passível de cura. Deste modo, questionar as causas das diferentes formas de renúncia dos professores de educação básica, de início, implica no rompimentodo atendimento à demanda de uma lógica cartesiana, que justamente por se dirigir pelo apontamento de uma instância conclusiva da renúncia, se desvia de uma investigação etiológica. Com essa pretensão, o(a) convido à leitura do presente trabalho que propõe novas formas de escuta de certa interpretação da Psicanálise sobre alguns registros históricos consolidados da educação básica brasileira ao longo de sua história. Trata-se da procura de subsídios marginais, porém reveladores, para saber mais sobre quais condições contribuem e contribuíram para que a maioria dos sujeitos que ainda hoje procuram a formação de professores para o ensino fundamental não assumam um lugar para exercer sua profissão
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.11.2017
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SACCO, Ricardo Dias; LAJONQUIÈRE, Leandro de. Para uma etiologia da renúncia ao professar: alguns apanhados da corte ao neoliberalismo no Brasil. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-08052018-130101/ >.
    • APA

      Sacco, R. D., & Lajonquière, L. de. (2017). Para uma etiologia da renúncia ao professar: alguns apanhados da corte ao neoliberalismo no Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-08052018-130101/
    • NLM

      Sacco RD, Lajonquière L de. Para uma etiologia da renúncia ao professar: alguns apanhados da corte ao neoliberalismo no Brasil [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-08052018-130101/
    • Vancouver

      Sacco RD, Lajonquière L de. Para uma etiologia da renúncia ao professar: alguns apanhados da corte ao neoliberalismo no Brasil [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-08052018-130101/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020