Exportar registro bibliográfico

Emoção negativa, escolhas alimentares e níveis plasmáticos de hormônios anorexígenos de mulheres com sobrepeso (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MOREIRA, ANA CAROLINA DE AGUIAR - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: EMOÇÕES; ALIMENTOS; HORMÔNIOS; LEPTINA; INSULINA
  • Language: Português
  • Abstract: As emoções negativas podem desencadear alteração no consumo alimentar por aspectos psicossociais. O detalhamento das escolhas alimentares e a resposta dos hormônios reguladores do apetite nessa circunstância ainda não estão bem esclarecidos. Por isso, este estudo buscou explorar a relação biopsicossocial entre emoção negativa, escolhas alimentares e hormônios anorexígenos em mulheres com sobrepeso. Foi realizado um estudo com 21 mulheres eutróficas e 23 com sobrepeso, as quais participaram de duas condições experimentais em dias diferentes, por meio de vídeo: uma com emoção negativa (vídeo Dramas da Vida Real) e outra considerada neutra (vídeo Cenas da Rotina). Antes e após da apresentação dos vídeos foram avaliadas as emoções através da escala analógica subjetiva e os níveis plasmáticos de insulina e leptina. Subsequentemente, foi oferecido um brunch contendo alimentos doces, salgados e saudável para avaliar o consumo alimentar e as escolhas alimentares das participantes. Na última etapa do trabalho, foi realizado o grupo focal com o objetivo de avaliar a percepção das participantes sobre o consumo alimentar diante as emoções negativas. Os resultados mostram que emoções negativas podem aumentar o consumo alimentar de mulheres, independentemente do seu estado nutricional (Eutrófico: MNeutra: 700.45 ± 373.90 Kcal, Memoções 1062.21± 485.91 Kcal; p .010/ Sobrepeso: MNeutra 1019.07 ± 286.62 Kcal; Memoçôes 1415.13± 571.86 Kcal; p .005). No entanto, existe diferença nas escolhas alimentares e nos nível plasmático de leptina: o grupo eutrófico aumentou apenas o consumo de doce (alimentos doces: Mneutra 2.5 unidades; Memoções 4.2 unidades; p 044) e não teve alteração do nível plasmático leptina (condição com emoção negativa: Mantes 18.68 ng/mL; Mapós 16.50 nglmL; p .47) e o grupo com sobrepeso aumentou o consumo de alimentos doces e salgados (alimentos doces: Mneutra: 3.78 unidades, Memoções 5.27 unidades; p .031; /alimentos salgados: M neutra 5.87 unidades, Memoções: 8.30 unidades; p .008) e apresentou uma redução do nível plasmático de leptina (condição com emoção negativa: Mandes 38.35 ng/mL; Mapós 24.97 nglmL p .031). A condição de emoção negativa não influenciou o consumo de alimento saudável nos grupos analisados e esse alimento foi o menos consumido na condição neutra. Nas comparações entre a percepção do consumo alimentar durante a emoção negativa e o observado no experimento, 45% das participantes com sobrepeso apresentaram dados divergentes entre o relatado no grupo focal e verificados na condição experimental e 25% das participantes eutróficas apresentaram conflito entre esse dados. Os resultados desse estudo mostraram que a emoção negativa aumenta a ingestão energética, o consumo de alimentos doces e salgados e diminuição do nível plasmático de leptina em mulheres com sobrepeso. O que sugere que mecanismos biológicos podem ser vulneráveis às emoções negativas, afetando o consumo alimentar e a percepção desse consumo em ambientes com alta disponibilidade de alimentos. Isso deve servir de alerta sobre a dificuldade da auto-observação do consumo alimentar nessa circunstância, já que os problemas diários não deixarão de existir e há mecanismo biológico que pode favorecer o aumento do consumo alimentar em pessoas com excesso de peso
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.12.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AGUIAR MOREIRA, Ana Carolina de; DIEZ-GARCIA, Rosa Wanda. Emoção negativa, escolhas alimentares e níveis plasmáticos de hormônios anorexígenos de mulheres com sobrepeso. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017.
    • APA

      Aguiar Moreira, A. C. de, & Diez-Garcia, R. W. (2017). Emoção negativa, escolhas alimentares e níveis plasmáticos de hormônios anorexígenos de mulheres com sobrepeso. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Aguiar Moreira AC de, Diez-Garcia RW. Emoção negativa, escolhas alimentares e níveis plasmáticos de hormônios anorexígenos de mulheres com sobrepeso. 2017 ;
    • Vancouver

      Aguiar Moreira AC de, Diez-Garcia RW. Emoção negativa, escolhas alimentares e níveis plasmáticos de hormônios anorexígenos de mulheres com sobrepeso. 2017 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020