Exportar registro bibliográfico

Root responses of contrasting tomato genotypes to cadmium-induced stress (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BORGES, KARINA LIMA REIS - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: ANTIOXIDANTES; CÁDMIO; ESTRESSE OXIDATIVO; GENÓTIPOS; METAL PESADO DO SOLO; NUTRIÇÃO VEGETAL; PROTEÔMICA; RAIZ; TOMATE
  • Language: Inglês
  • Abstract: Esta tese apresenta um aprofundamento do conhecimento global sobre as respostas radiculares de genótipos contrastantes de tomateiro ao estresse induzido por cádmio (Cd). Os genótipos cultivados em hidroponia em meio contendo 35 µM de CdCl2 durante sete dias exibiram acúmulo de metal tanto em raízes como em parte aérea em ambos genótipos, mas com um aumento da alocação de Cd principalmente nas raízes. PR (tolerante) acumulou menores níveis de Cd na parte aérea, exibindo maiores taxas de crescimento e acúmulo maior de MDA comparado ao CR (sensível). No entanto, o genótipo PR parece ter um sistema mais eficiente para lidar com o estresse induzido pelo Cd. Os ensaios enzimáticos revelaram que a presença de Cd alterou o conteúdo de GSH nas raízes de ambos os genótipos, com aumentos nas atividades de APX, GR e GST, que em conjunto podem ser os principais elementos responsivos na defesa contra o estresse oxidativo no genótipo tolerante. Seguindo a caracterização dos sistemas radiculares dos genótipos de tomateiro, o segundo capítulo contém as análises morfológicas. A exposição ao Cd provocou decréscimos nos parâmetros avaliados como comprimento radicular, área superficial e volume, sendo mais severos no genótipo CR. As raízes de tomate expostas ao Cd mostraram alterações na eficiência do uso de nutrientes para vários macro e micronutrientes, sendo menor no CR em comparação com PR. Esses resultados reforçam a explicação de que o fenótipo tolerante observado no genótipo PR podeestar relacionado a um melhor gerenciamento nutricional aliado aos menores danos na morfologia da raiz sob estresse. Finalmente o último capítulo contém dados de proteômica quantitativa, uma abordagem que foi empregada para determinar as alterações provocadas pelo Cd no perfil proteico das raízes de tomateiro. As plantas cresceram em hidroponia e foram expostas ao metal por quatro dias. A contagem espectral revelou um total de 380 proteinas diferencialmente acumuladas (DAP), das quais 62 foram compartilhadas entre os genótipos e apresentaram alterações similares após exposição ao metal. Em geral, CR apresentou maior número de DAP comparado ao PR. DAP foram alteradas em diversas vias, incluindo proteínas envolvidas em parede celular, resposta a estresse e atividades redox. Os resultados obtidos neste estudo contribuíram para aumentar o entendimento da tolerância ao Cd em tomateiro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.10.2017
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BORGES, Karina Lima Reis; AZEVEDO, Ricardo Antunes de. Root responses of contrasting tomato genotypes to cadmium-induced stress. 2017.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-21032018-112050/ >.
    • APA

      Borges, K. L. R., & Azevedo, R. A. de. (2017). Root responses of contrasting tomato genotypes to cadmium-induced stress. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-21032018-112050/
    • NLM

      Borges KLR, Azevedo RA de. Root responses of contrasting tomato genotypes to cadmium-induced stress [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-21032018-112050/
    • Vancouver

      Borges KLR, Azevedo RA de. Root responses of contrasting tomato genotypes to cadmium-induced stress [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-21032018-112050/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020