Exportar registro bibliográfico

Propriedades físicas de filmes à base de biopolímeros reforçados com laponita (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: VALENCIA, GERMAN AYALA - FZEA
  • Unidades: FZEA
  • Sigla do Departamento: ZEA
  • Subjects: GELATINA; COLÁGENO; NANOPARTÍCULAS; FILMES COMESTÍVEIS; BIOPOLÍMEROS
  • Language: Português
  • Abstract: Os problemas ambientais provocados pelas embalagens à base de materiais sintéticos não biodegradáveis têm provocado um importante aumento nos estudos sobre filmes à base de biopolímeros. Entretanto, esses filmes têm limitações em suas propriedades, devido, sobretudo à sensibilidade a umidade relativa ambiente. Dentre as alternativas estudadas para melhorar as características desses materiais está o uso de nanopartículas, com destaque para a montmorilonita, que tem problemas de dispersão em água. Outra nanopartícula pouco usada em estudos à base de biopolímeros é a laponita, que é uma nanoargila sintética. Assim, o objetivo geral desta tese foi o desenvolvimento de filmes à base de biopolímeros (colágeno, gelatina e fécula de mandioca), reforçados com uma nanoargila (laponita). Foi estudado o efeito da concentração do biopolímero e da laponita, assim como o método de produção dos filmes (casting e espalhamento mecânico), além da qualidade da dispersão da nanopartícula, sobre as principais propriedades físicas dos filmes nanocompósitos, com especial interesse nas propriedades de superfície. Os filmes foram preparados pela desidratação de soluções formadoras de filmes (SFF), com 2, 4 ou 8 g de biopolímero/100 g SFF; 25 ou 30 g glicerol/100 g de biopolímero; e 0, 1,5; 3; 4,5 e 6 g laponita/100 g de biopolímero. A laponita foi dispersa em água destilada, utilizando-se ultraturrax com velocidade de agitação de 20.000 rpm, por 30 minutos. As partículas de laponita em água tiveramtamanhos menores que 50 nm. Não houve efeito da concentração do biopolímero, nem do método de produção (casting ou espalhamento mecânico) sob as propriedades de topografia superficial e físico-químicas estudadas nos filmes nanocompósitos. As análises de raios X e espectroscopia de infravermelho por transformada de Fourier revelaram que as plaquetas de laponita estiveram esfoliadas e/ou intercaladas nos filmes, e que não houve nenhuma formação de ligação química entre as plaquetas de laponita e os biopolímeros em estudo. A presença de laponita incrementou a irregularidade superficial dos filmes, especialmente naqueles produzidos com colágeno e fécula de mandioca. Outras propriedades dos filmes nanocompósitos, tais como densidade, umidade, cor, opacidade, propriedades térmicas, propriedades mecânicas, solubilidade em água, ângulo de contato à água, isotermas de sorção e permeabilidade ao vapor de água não sofreram alterações com a presença de laponita
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.05.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VALENCIA, Germán Ayala; SOBRAL, Paulo José do Amaral. Propriedades físicas de filmes à base de biopolímeros reforçados com laponita. 2017.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-31072017-094541/ >.
    • APA

      Valencia, G. A., & Sobral, P. J. do A. (2017). Propriedades físicas de filmes à base de biopolímeros reforçados com laponita. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-31072017-094541/
    • NLM

      Valencia GA, Sobral PJ do A. Propriedades físicas de filmes à base de biopolímeros reforçados com laponita [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-31072017-094541/
    • Vancouver

      Valencia GA, Sobral PJ do A. Propriedades físicas de filmes à base de biopolímeros reforçados com laponita [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-31072017-094541/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020