Exportar registro bibliográfico

Análise da variabilidade métrica dos parâmetros de Antropologia Forense para estimativa do sexo de duas populações: escocesa e brasileira (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: LOPEZ CAPP, THAíS TORRALBO - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODS
  • Subjects: ODONTOLOGIA FORENSE; ANTROPOLOGIA FORENSE; GRUPOS ÉTNICOS; CRANIOMETRIA
  • Keywords: Antropologia Forense; Craniometria; Craniometry; Determinação do sexo pelo esqueleto; Ethnic Groups; Forensic anthropology; Forensic dentistry; Grupos Étnicos; Odontologia Forense; Sex determination by Skeleton
  • Language: Português
  • Abstract: Antropologia Forense é a aplicação da ciência da Antropologia Física e osteologia humana em casos criminais onde os restos da vítima estão em fase avançada de decomposição. Devido ao grande fluxo migratório descrito no histórico do Brasil, a população brasileira possui características físicas muito heterogêneas quando comparadas com a população escocesa, uma vez que a imigração mais significativa foi proveniente de outras regiões do próprio Reino Unido. O presente estudo teve como objetivo comparar as variações craniométricas de duas populações (brasileira e escocesa), e avaliar a confiabilidade do método para determinação do sexo nas duas populações, com finalidade forense. A amostra total foi composta por 200 crânios com mandíbulas, sendo que a amostra brasileira foi constituída por 100 crânios completos e a amostra escocesa por 100 crânios e 36 mandíbulas, ambas amostras documentadas. Foram realizadas 72 mensurações sendo 51 cranianas e 21 mandibulares. Os resultados demonstraram que a amostra escocesa apresentou média maior comparada com a amostra brasileira em 54 variáveis do universo de 72 medidas. Trinta e três mensurações cranianas apresentaram diferença significativa entre as duas amostras e dentre as 21 medidas mandibulares analisadas, 05 apresentaram variação superior a 20%, 09 entre 10% e 20%, 07 inferior a 10%. As medidas que apresentaram maior dimorfismo sexual para as duas amostras foram a largura bizigomática (apresentando 73% de acerto para a amostrabrasileira e 77% para a amostra escocesa), largura bigoníaca (79% e 83,30%) comprimento Porion-Mastoidale lado esquerdo (76% e 75%) e a altura do corpo mandibular lado esquerdo (67% e 80,60%). A análise discriminante multivariada demonstrou resultados satisfatórios para amostra brasileira com porcentagem de acerto variando entre 76-90% e na amostra escocesa 81-86,6%. Através da análise da curva ROC foram desenvolvidas 04 tabelas de referência sendo 01 para medidas cranianas brasileiras, 01 medida para mandibulares brasileiras, 01 tabela para medidas cranianas escocesas e 01 para medidas mandibulares escocesas. O presente estudo demonstrou que existem diferenças entre as duas amostras estudadas, porém ainda falta elucidar a causa responsável, já que se trata de uma grandeza multifatorial. A metodologia quantitativa analisada demonstrou-se precisa para analisar dimorfismo sexual nas duas amostras
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.05.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOPEZ CAPP, Thaís Torralbo; BIAZEVIC, Maria Gabriela Haye. Análise da variabilidade métrica dos parâmetros de Antropologia Forense para estimativa do sexo de duas populações: escocesa e brasileira. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23153/tde-04072017-091621/ >.
    • APA

      Lopez Capp, T. T., & Biazevic, M. G. H. (2017). Análise da variabilidade métrica dos parâmetros de Antropologia Forense para estimativa do sexo de duas populações: escocesa e brasileira. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23153/tde-04072017-091621/
    • NLM

      Lopez Capp TT, Biazevic MGH. Análise da variabilidade métrica dos parâmetros de Antropologia Forense para estimativa do sexo de duas populações: escocesa e brasileira [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23153/tde-04072017-091621/
    • Vancouver

      Lopez Capp TT, Biazevic MGH. Análise da variabilidade métrica dos parâmetros de Antropologia Forense para estimativa do sexo de duas populações: escocesa e brasileira [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23153/tde-04072017-091621/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021