Exportar registro bibliográfico

Tamo junto: o argumento estudantil e sua gramática em uma arena de conflitos (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: GIL, PATRÍCIA GUIMARÃES - ECA
  • Unidade: ECA
  • Sigla do Departamento: CCA
  • Subjects: COMUNICAÇÃO; AÇÃO COMUNICATIVA; ENSINO PÚBLICO; ESCOLA DE ENSINO MÉDIO; DEBATE
  • Keywords: communicative action; public communication; public debate in school; public education; transformative mediation
  • Language: Português
  • Abstract: O contexto de conflitos e violências no espaço escolar desafia a sociedade, formuladores de políticas públicas, gestores e academia a repensar possibilidades de ativação de formas de entendimento mediadas pela palavra. A pesquisa propõe um olhar comunicacional para os relacionamentos no interior da escola, com foco na gramática estudantil de ação e conversação. Seu método é o estudo de caso realizado em um estabelecimento público (estadual) de ensino na cidade de São Paulo, em que foram realizados 14 debates envolvendo 94 alunos de ensino médio. Elementos conceituais e normativos de comunicação pública fundamentam toda a investigação. O modelo metodológico é o da mediação transformativa, baseado no paradigma do construcionismo social, que se orienta para a facilitação de diálogos. As técnicas de condução dos debates (tratados como argumentos conversacionais) e as análises de dados incluem dois vetores fundamentais, que são a autoafirmação dos sujeitos e o reconhecimento de seus interlocutores. A pesquisa guia-se ainda pela perspectiva de fortalecimento da percepção coletiva na escola como comunidade de comunicação. Com apoio da pragmática da linguagem, as conclusões apontam para a emergência de enlaces argumentativos entre os estudantes, permitindo formas narrativas de complemento e apoio entre si. As subjetividades encontraram formas de se manifestar por meio de debates, recebendo a acolhida de colegas e, com eles, formando correntes discursivas - o que se configurou comouma gramática especial de argumentação. Da mesma forma, foram registradas expressões de desrespeito que terminaram reguladas pela fala. A pesquisa encontrou na escola conflitos de gênero, expressões de exclusão em diferentes campos e demandas reprimidas de escuta entre as autoridades educacionais. Os debates mediados apresentaram-se como oportunidades de encontros, de formação e de negociação entre os estudantes, o que permite a indicação de recomendações para novas pesquisas e encaminhamentos comunicacionais na escola
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.02.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GIL, Patrícia Guimarães; NOBRE, Heloiza Helena Matos e. Tamo junto: o argumento estudantil e sua gramática em uma arena de conflitos. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-23052017-155632/ >.
    • APA

      Gil, P. G., & Nobre, H. H. M. e. (2017). Tamo junto: o argumento estudantil e sua gramática em uma arena de conflitos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-23052017-155632/
    • NLM

      Gil PG, Nobre HHM e. Tamo junto: o argumento estudantil e sua gramática em uma arena de conflitos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-23052017-155632/
    • Vancouver

      Gil PG, Nobre HHM e. Tamo junto: o argumento estudantil e sua gramática em uma arena de conflitos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-23052017-155632/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021