Exportar registro bibliográfico

"Roque Santeiro" e a ditadura militar brasileira em três atos: a política por trás das telas (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: QUINTAS, LAURA MATTOS SOARES - ECA
  • Unidade: ECA
  • Sigla do Departamento: CCA
  • Subjects: TELENOVELA; CENSURA; DITADURA; GOVERNOS MILITARES (1964-1985); EMISSORAS DE TELEVISÃO; TELEVISÃO
  • Keywords: censorship; military dictatorship; soap opera
  • Language: Português
  • Abstract: "Roque Santeiro", de Dias Gomes, é mais que o maior fenômeno de audiência da teledramaturgia brasileira. É uma obra em três atos, capaz de trazer à tona o início, o meio e o fim da ditadura militar brasileira, cada fase com suas diferentes formas de censura. No primeiro, temos a peça teatral "O Berço do Herói", em 1965, que daria origem à trama televisiva. A história de um cabo, falso herói da Força Expedicionária Brasileira, é censurada no dia da estreia. Dez anos depois, em segundo ato, uma versão da peça feita para a TV Globo, já com o nome de "Roque Santeiro" e 36 capítulos gravados, ganha o traumático título de a primeira telenovela integralmente censurada no País, um dia antes do lançamento, em 1975. Por fim, em 1985, duas décadas após a proibição da peça, a novela, em um nova versão, gravada com outros atores, vai ao ar, consagrada pela crítica e pelo público. Nesse terceiro ato, é embalada como símbolo da abertura política brasileira, mas, nos bastidores, enfrenta seguidos cortes da Censura, que não se desmonta no período da redemocratização, quando o País já tinha um presidente civil, mas não uma nova Constituição, que só seria promulgada em 1988. A base desta pesquisa são fontes primárias, que vêm à público pela primeira vez: cerca de duas mil páginas de documentos dos arquivos da Censura relacionados à obra e de todos os registros sobre Dias Gomes no SNI (Serviço Nacional de Informações), além de um diário pessoal em que ele narra o processo de criação de "O Pagadorde Promessas", base de sua dramaturgia, e de correspondências entre o autor, a Globo e o governo. A esse corpus se somam reportagens da época e depoimentos de profissionais ligados a Dias Gomes especialmente concedidos para este trabalho, que pretende mostrar a força simbólica desse produto midiático ("Roque Santeiro") como revelador de um período histórico do País, a partir da relação triangular entre um célebre comunista, o governo militar e a maior emissora de televisão do País
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.11.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MATTOS, Laura; BUCCI, Eugênio. "Roque Santeiro" e a ditadura militar brasileira em três atos: a política por trás das telas. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-09032017-104329/ >.
    • APA

      Mattos, L., & Bucci, E. (2016). "Roque Santeiro" e a ditadura militar brasileira em três atos: a política por trás das telas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-09032017-104329/
    • NLM

      Mattos L, Bucci E. "Roque Santeiro" e a ditadura militar brasileira em três atos: a política por trás das telas [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-09032017-104329/
    • Vancouver

      Mattos L, Bucci E. "Roque Santeiro" e a ditadura militar brasileira em três atos: a política por trás das telas [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-09032017-104329/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020