Exportar registro bibliográfico

Comparação de procedimentos audiológicos realizados face a face e via teleconsulta síncrona: revisão sistemática da literatura (2016)

  • Author:
  • USP affiliated author: FERRARI, DEBORAH VIVIANE - FOB
  • School: FOB
  • Sigla do Departamento: BAF
  • Subjects: AUDIÇÃO; DEFICIÊNCIA AUDITIVA; AUDIOLOGIA; TELEMEDICINA
  • Language: Português
  • Abstract: O uso da teleconsulta na área da audiologia vem crescendo, entretanto ainda não existem evidências suficientes sobre sua comparabilidade às consultas tradicionais. O objetivo desta revisão sistemática da literatura foi analisar, para indivíduos em qualquer faixa etária, a eficácia e efetividade da teleconsulta síncrona, em comparação ao cuidado face a face, para a detecção, identificação ou intervenção na deficiência auditiva. Diferentes estratégias de busca foram utilizadas para pesquisas nas bases de dados PubMed, Embase, Web of Science, Scopus, Lilacs, Cochrane Library, CINAHL, ProQuest e Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações. Buscas secundárias nas referências dos estudos recuperados também foram realizadas. Foram incluídas pesquisas que comparassem procedimentos e cuidado fornecido via consulta face a face com aquele fornecido via teleconsulta síncrona, excluindo-se os estudos: realizados apenas com indivíduos com audição normal, conhecida a priori; que tinham como objetivo principal o uso das tecnologias de informação e comunicação para propósitos educacionais, não relacionados ao cuidado ao paciente e conceitos sem a participação de profissional de saúde em algum ponto do cuidado. Para cada estudo incluído foi realizada a extração dos dados relevantes, análise da qualidade e da direção dos efeitos. No total, foram incluídos na revisão 20 estudos primários que abrangeram a triagem auditiva, diagnóstico audiológico, programação e verificação do aparelho de amplificação sonora individual e do implante coclear e a reabilitação auditiva. Os estudos variaram quanto ao delineamento empregado, sendo quatro ensaios clínicos randomizados (ERC), um estudo de caso controle e 15 estudos pré e pós-teste não controladosDe modo geral, os estudos empregaram amostras pequenas, com cerca de 50 participantes ou menos. No caso dos ERC, estratégias adequadas para geração da sequência aleatória e sigilo da alocação foram reportadas em apenas um estudo. Doze dos quinze estudos pré e pós-teste empregaram estratégias para controlar o efeito da ordem da avaliação. Estratégias para evitar o viés de desempenho e de detecção foram utilizadas em pelo menos 40% dos estudos. Os estudos apresentaram baixo risco para viés de atrito. Foi possível verificar que a condução de procedimentos audiológicos via teleconsulta síncrona é viável e produz resultados clínicos similares aos das consultas presenciais. Entretanto, as tecnologias de informação e comunicação podem introduzir um aumento na duração de alguns procedimentos, cujo impacto deve ser considerado no contexto maior do dispêndio de tempo, financeiro e dos riscos do deslocamento necessário para prestação de serviço às populações remotas. Há evidências de que o fornecimento de serviços de programação e verificação do aparelho de amplificação sonora individual e programação do implante coclear via teleconsulta não acarreta impactos negativos nos resultados dos limiares em campo livre, desempenho de percepção da fala, benefício e satisfação com o uso do dispositivo. Evidências também sugerem uma vantagem da consulta remota para o fornecimento de orientações e modelagem do comportamento dos pais nas interações comunicativas com seus filhos deficientes auditivos, favorecendo o desenvolvimento da linguagem oral. De modo geral, os pacientes, profissionais e facilitadores estavam satisfeitos com os serviços fornecidos via teleconsulta. Contudo, a consulta à distância pode dificultar expressões espontâneas do paciente sobre a sua condição, o que merece investigações mais aprofundadas. Considerações para pesquisas futuras foram apontadas
  • Imprenta:
    • Place of publication: Bauru
    • Date published: 2016
  • Data da defesa: 10.06.2016

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERRARI, Deborah Viviane. Comparação de procedimentos audiológicos realizados face a face e via teleconsulta síncrona: revisão sistemática da literatura. 2016.Universidade de São Paulo, Bauru, 2016.
    • APA

      Ferrari, D. V. (2016). Comparação de procedimentos audiológicos realizados face a face e via teleconsulta síncrona: revisão sistemática da literatura. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Ferrari DV. Comparação de procedimentos audiológicos realizados face a face e via teleconsulta síncrona: revisão sistemática da literatura. 2016 ;
    • Vancouver

      Ferrari DV. Comparação de procedimentos audiológicos realizados face a face e via teleconsulta síncrona: revisão sistemática da literatura. 2016 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022