Exportar registro bibliográfico

Fístula após palatoplastia primária de acordo com a cirurgia plástica e fonoaudiologia (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: JACOB, MAHYARA FRANCINI - HRACF
  • Unidades: HRACF
  • Subjects: DEISCÊNCIA DA FERIDA OPERATÓRIA; FISSURA LÁBIOPALATINA; FÍSTULA BUCAL; PALATO
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Identificar a frequência das fístulas após a palatoplastia primária dos pacientes com fissura unilateral do Estudo Clínico Randomizado (ECR) - Projeto Flórida (PF), de acordo com dados registrados pelos profissionais de Cirurgia plástica (CP) e Fonoaudiologia (FGA); descrever a terminologia utilizada pelos profissionais ao reportar a localização das fístulas e descrever o tamanho, a sintomatologia e o gerenciamento destas complicações; e verificar a concordância entre as áreas da CP e FGA quanto às informações sobre presença e localização das fístulas em relação ao forame incisivo (pré ou pós-forame incisivo). Métodos: Foram analisados 466 prontuários de pacientes com fissura transforame unilateral não sindrômica e operada. Os dados quanto a presença de fístula, a localização, o tamanho e a sintomatologia, foram compilados e analisados, de modo descritivo, em duas janelas de tempo. O primeiro tempo abrangeu todos os registros datados até três anos após a realização da palatoplastia primária e o segundo tempo abrangeu os registros durante e após a expansão rápida da maxila (ERM). Comparou-se os achados com uma classificação Padrão Ouro das fístulas no ECR-PF, verificando o nível de concordância entre as informações registradas pela CP e FGA (Estatística Kappa). Resultados: A área da CP reportou um total de 117 (25,1%) fístulas, enquanto a FGA reportou 171 (36,7%), comparados às 164 (35,2%) fístulas identificadas na classificação Padrão Ouro. Combinando as duas áreas, obteve-se um total de 184 (39,5%) casos de fístulas, sendo que 104 (56,5%) foram registradas por ambas as áreas, 67 (36,4%) foram identificadas apenas nas documentações da FGA e 13 (7,1%) somente nos registros da CP. Quanto ao tamanho, dos 104 casos com esta informação, a maioria foi classificada como fístula de tamanho pequeno (N=50; 48%). A sintomatologia mais (Continua)(Continuação) encontrada foi o escape de ar nasal em 29 (58%). Tanto no primeiro, quanto no segundo tempo de análise, observou-se o uso de terminologia variada entre as duas áreas, aspecto este que dificultou a classificação da localização das fístulas em relação forame incisivo. Obteve-se uma concordância moderada entre a classificação Padrão Ouro e os dados reportados no prontuário pelo CP (Kappa = 0,32) e uma concordância substancial entre a classificação Padrão Ouro e os dados reportados no prontuário pela FGA (Kappa = 0,63). Conclusão: Com base no levantamento dos registros cirúrgicos e fonoaudiológicos, os dados encontrados indicaram uma concordância moderada e substancial entre as áres em relação ao Padrão Ouro. Dessa forma, fica claro a necessidade de se estabelecer e validar um protocolo para a utilização em rotina clínica e multiprofissional
  • Imprenta:
    • Place of publication: Bauru
    • Date published: 2015
  • Data da defesa: 25.01.2016
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JACOB, Mahyara Francini; DUTKA, Jeniffer de Cássia Rillo. Fístula após palatoplastia primária de acordo com a cirurgia plástica e fonoaudiologia. 2015.Universidade de São Paulo, Bauru, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/61/61132/tde-19102016-170440/pt-br.php >.
    • APA

      Jacob, M. F., & Dutka, J. de C. R. (2015). Fístula após palatoplastia primária de acordo com a cirurgia plástica e fonoaudiologia. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/61/61132/tde-19102016-170440/pt-br.php
    • NLM

      Jacob MF, Dutka J de CR. Fístula após palatoplastia primária de acordo com a cirurgia plástica e fonoaudiologia [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/61/61132/tde-19102016-170440/pt-br.php
    • Vancouver

      Jacob MF, Dutka J de CR. Fístula após palatoplastia primária de acordo com a cirurgia plástica e fonoaudiologia [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/61/61132/tde-19102016-170440/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020