Exportar registro bibliográfico

Influência da adição de gordura protegida na dieta de novilhas Nelore (<i>Bos taurus indicus</i>) no estabelecimento da puberdade e da ciclicidade pós-parto (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: CIPRIANO, RAFAEL SILVA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VRA
  • Subjects: ENERGIA; GORDURAS NA DIETA; OVULAÇÃO; PUBERDADE
  • Keywords: Energy; Fat; Ovulation; Pós-parto; Puberty
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho teve como objetivo verificar se o fornecimento de gordura protegida após à desmama interfere no desenvolvimento folicular e na idade à primeira ovulação em novilhas Nelore (Bos taurus indicus). E também se os ácidos graxos de cadeia longa no terço final da gestação interferem no desenvolvimento folicular e antecipa a ciclicidade no período pós-parto de primíparas com escore corporal de 2,5. No primeiro utilizamos 30 novilhas Nelore com peso 167kg, separadas em 3 grupos: Grupo Controle (GC, n=10) recebeu 500g de milho/animal/dia. Grupo Gordura (GG, n=10) recebeu 200g de gordura protegida/animal/dia. Grupo Energia (GE, n=10) recebeu 500g de milho e 200g de Megalac-E®/animal/dia. Foi realizado exame ultrassonográfico dos ovários e colhidas amostras de sangue para quantificação de FSH, LH, leptina e progesterona. Durante o tratamento o peso não variou entre os grupos, o peso vivo aumentou ao longo do tempo (p=0,0001). Após a mudança na dieta, os animais dos grupos que receberam gordura apresentaram menor (p=0,019) número de folículos que os animais do GC. Durante o período dos tratamentos nutricionais o GG apresentou maior (p=0,05) número de picos de LH que o GE e o GC foi intermediário. O GC apresentou maior área de secreção de FSH (p=0,03) quando comparado ao GG e o GE foi intermediário. O GC apresentou maior área de concentração e valor máximo máxima de FSH (p=0,06) aos 14 meses. Dentro de cada grupo, todos apresentaram menor área total de secreção deleptina antes do tratamento comparado ao período pós tratamento. Após o período de tratamento, o GE apresentou maior valor máximo máxima de leptina (p=0,08) que o GC e o GG valor intermediário. A gordura diminuiu o número de folículos, aumentou a freqüência de pulsos de LH, diminuiu a secreção de FSH durante o começo da suplementação. A dieta com a soma das energias diminuiu a área de secreção de LH e aumentou a valor máximo máxima de concentração de leptina. No segundo experimento utilizamos 19 animais, com 24 a 27 meses de idade e peso de 366kg. Os tratamentos nutricionais foram realizados de 50 a 60 dias antes do parto previsto. As novilhas foram divididas em dois grupos: grupo Controle (GC, n=9) sem adição de gordura na ração (250 g de milho/novilha/dia) e grupo Gordura (GG, n=10) com gordura na ração (100g Megalac-E®/novilha/dia). Os animais foram mantidos em um escore corporal de 3,5 no período pré-parto, e diminuíram e foram mantidos com 2,5 até os noventa dias após parto. O GC obteve maior ganho médio diário dos 91 aos 119 dias pós-parto (p=0,011) comparado ao GG.O peso à ovulação foi maior no GC que no GG (p=0,03). O diâmetro do maior folículo não diferiu (p=0,31) entre o GC e GG durante o pós-parto. O diâmetro do segundo maior folículo foi maior no GC (p=0,028) que no GG. Houve um aumento no diâmetro do maior folículo no GC (p=0,05) e uma tendência no GG. Os dois grupos apresentaram aumento na concentração de LH com o passar dos intervalos (GCp<0,0001, GG p=0,0024). Entre o 15° e 30° dia pós-parto foi o período que apresentou menor área total de concentração de LH (p<0,0001) comparado aos demais intervalos dentro de cada grupo (p=0,85). GC e GG tiveram maior valor máximo de LH no intervalo de 75 a 90 dias (p=0,03 e p=0,04) quando comparado com os intervalos de 15 a 30 e de 30 a 45 dias pós-parto (p=0,97). Não houve diferença no peso vivo ao nascimento das bezerras do GC (34,3±2,58kg, p=0,18) comparado as do GG no período pré-parto (31,75±4,62 kg). As bezerras nascidas de vacas do GC obtiveram maior ganho médio diário nos primeiros 30 dias pós-parto (p=0,05) comparadas às bezerras do GG. Não houve diferença no ganho de peso por mamada das bezerras entre os GC e GG no período pós-parto, aos 20 dias (p=0,30), aos 46 dias (p=0,46), aos 81 dias (p=0,63) e aos 108 dias (p=0,66). Animais tratados com gordura no pré-parto apresentam um maior tempo para a primeira ovulação, menor quantidade de folículos secundários, acompanhada de menor peso vivo e menor ganho de peso no final do pós-parto
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.01.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CIPRIANO, Rafael Silva; NOGUEIRA, Guilherme de Paula. Influência da adição de gordura protegida na dieta de novilhas Nelore (<i>Bos taurus indicus</i>) no estabelecimento da puberdade e da ciclicidade pós-parto. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10131/tde-02092016-155300/ >.
    • APA

      Cipriano, R. S., & Nogueira, G. de P. (2013). Influência da adição de gordura protegida na dieta de novilhas Nelore (<i>Bos taurus indicus</i>) no estabelecimento da puberdade e da ciclicidade pós-parto. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10131/tde-02092016-155300/
    • NLM

      Cipriano RS, Nogueira G de P. Influência da adição de gordura protegida na dieta de novilhas Nelore (<i>Bos taurus indicus</i>) no estabelecimento da puberdade e da ciclicidade pós-parto [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10131/tde-02092016-155300/
    • Vancouver

      Cipriano RS, Nogueira G de P. Influência da adição de gordura protegida na dieta de novilhas Nelore (<i>Bos taurus indicus</i>) no estabelecimento da puberdade e da ciclicidade pós-parto [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10131/tde-02092016-155300/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020