Exportar registro bibliográfico

Avaliação genética de gatos da raça Persa: mapeamento da mutação relacionada à cardiomiopatia hipertrófica de origem familial (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: PELLEGRINO, ARINE - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCM
  • Subjects: DOENÇAS DO CORAÇÃO EM ANIMAL; TÉCNICAS DE DIAGNÓSTICO ANIMAL; GATO PERSA; GENÉTICA ANIMAL; SEQUENCIAMENTO GENÉTICO; GATOS
  • Keywords: Cardiomiopatia hipertrófica; Cats; Echocardiography; Ecocardiografia; Genetic; Genética; Hypertrophic cardiomyopathy; Persa; Persian; Sequence; Sequenciamento
  • Language: Português
  • Abstract: A cardiomiopatia hipertrófica (CMH) é a principal cardiopatia dos felinos, caracterizada por hipertrofia ventricular esquerda, sem dilatação. A prevalência em humanos é de um a cada 500 indivíduos e, em pelo menos 60% dos casos, a doença é de origem familial. Há mais de 1400 mutações em mais de 11 genes que codificam proteínas do sarcômero relacionadas à CMH. Em algumas famílias de gatos, a CMH é transmitida de forma autossômica dominante sendo muito similar à humana. No Maine Coon, redução na miomesina e mutação no gene que codifica a proteína C miosina ligante (MYBPC3) são alterações encontradas nos acometidos pela CMH. No Ragdoll, a CMH está relacionada com mutação no mesmo gene, porém em um códon diferente e altamente conservado na espécie. Em outras raças como Persa, British Shorthair, Norwegian Forest também há evidências da CMH familial, porém não há comprovação do tipo de herança envolvida. No presente estudo, uma população de 100 gatos da raça Persa foi avaliada por meio de exames ecocardiográfico, eletrocardiográfico, laboratoriais, mesuração da pressão arterial e pesquisa da mutação relacionada à doença renal policística (PKD), prevalente em gatis de Persas. Os animais foram classificados quanto à presença ou não da CMH e, após seleção dos grupos experimentais (20 gatos sem CMH e 22 gatos com CMH), amostras de sangue foram submetidas à extração do DNA, genotipagem pela técnica de PCR e sequenciamento dos genes da alfa-actina cardíaca (exon 5 do gene ACTC1) e daproteína C miosina ligante (exon 27 do gene MYBPC3), com posterior correlação das mutações com a presença da afecção. À avaliação da população total, a CMH foi mais prevalente em gatos machos e de maior faixa etária; ocorreu em 22 animais; e a forma assimétrica com hipertrofia miocárdica em região septal basal foi a mais comum na raça. A presença de mutação relacionda à PKD foi mais comum nos gatos com hipertrofia ventricular, apesar dos mesmos apresentarem pressão arterial e função renal normais. Foi identificado um polimorfismo de nucleotídeo único (SNP) na posição 890 do exon 5 do gene ACTC1 e três SNP no intron 5-6 do mesmo gene. Nenhum polimorfismo, adição ou deleção foi observado em outras regiões do gene ACTC1 ou no gene MYBPC3. Apesar dos SNP observados no estudo, os mesmos não se enquadram nos critérios de mutação causal da CMH porque não provocam mudança em aminoácidos e não ocorreram exclusivamente em animais com CMH. Desta forma, a mutação causal da CMH em gatos da raça Persa não foi elucidada e mutações nestes dois exons de genes cardíacos não parecem ser a causa da cardiomiopatia na referida raça. Avaliações de genes cardíacos adicionais são necessárias para a identificação da causa molecular desta cardiopatia no Persa. Em relação aos resultados encontrados nos gatos PKD positivos, há necessidade de mais estudos para avaliar a relação causal (PKD e hipertrofia) ou associação genética entre ambas. Faz-se necessária a avaliação cardiológica de gatos PKDpositivos, bem como é necessário incluir a PDK como diagnóstico diferencial da CMH no Persa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.11.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PELLEGRINO, ^Arine; LARSSON, Maria Helena Matiko Akao. Avaliação genética de gatos da raça Persa: mapeamento da mutação relacionada à cardiomiopatia hipertrófica de origem familial. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-08042015-140837/ >.
    • APA

      Pellegrino, ^A., & Larsson, M. H. M. A. (2014). Avaliação genética de gatos da raça Persa: mapeamento da mutação relacionada à cardiomiopatia hipertrófica de origem familial. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-08042015-140837/
    • NLM

      Pellegrino ^A, Larsson MHMA. Avaliação genética de gatos da raça Persa: mapeamento da mutação relacionada à cardiomiopatia hipertrófica de origem familial [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-08042015-140837/
    • Vancouver

      Pellegrino ^A, Larsson MHMA. Avaliação genética de gatos da raça Persa: mapeamento da mutação relacionada à cardiomiopatia hipertrófica de origem familial [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-08042015-140837/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021