Exportar registro bibliográfico

Caracterização microestrutural, morfológica e fotocatalítica de filmes finos de TiO<sub>2</sub> obtidos por deposição química de organometálicos em fase vapor (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: MARCELLO, BIANCA ALVES - IPEN
  • Unidade: IPEN
  • Subjects: TRATAMENTO DE RESÍDUOS; EFLUENTES; INDÚSTRIA DE TINTAS E CORANTES; DEGRADAÇÃO AMBIENTAL; DEPOSIÇÃO DE SEDIMENTOS; FÍSICO-QUÍMICA METALÚRGICA; BORO; SILICATOS; VAPORIZAÇÃO DO CALOR
  • Language: Português
  • Abstract: O dióxido de titânio possui diversas aplicações tecnológicas, desde pigmento em tintas, até revestimentos funcionais. >> um material resistente à degradação eletroquímica e fotoquímica. Com o aumento da produção industrial de corantes, há um aumento significativo da produção de rejeitos, sendo necessário o desenvolvimento de novas técnicas de degradação, a fim de reduzir a formação de efluentes. Dentre essas técnicas encontram-se os processos oxidativos avançados (POAs), que se baseiam na formação de radicais hidroxila para a degradação dos compostos liberados nos efluentes. A fotocatálise heterogênea utiliza um material semicondutor ativado por radiação ultra-violeta a fim de produzir os radicais hidroxila. Apesar de existirem estudos relacionados à utilização do TiO2 como fotocatalisador, há poucos dados com relação à sua aplicação na forma de filme suportado. Este trabalho teve por objetivos crescer filmes de TiO2 sobre borossilicato, por meio da técnica de deposição química de organometálicos em fase vapor, nas temperaturas de 400 e 500ºC por até 60 minutos, bem como proceder à caracterização microestrutural, morfológica e fotocatalítica desses filmes. Anatase foi a fase identificada em todos os filmes. Os filmes crescidos a 400°C apresentaram estrutura densificada, enquanto que os filmes crescidos a 500°C apresentaram estrutura colunar bem definida. A fotodegradação foi avaliada por meio da degradação do corante alaranjado de metila nos valores de pH 2,00; 7,00 e 10,00.Os resultados de degradação do corante mostraram que a maior eficiência do processo de degradação ocorre em pH = 2. Nessa condição, os melhores resultados ocorrem com o filme crescido por 30 minutos a 400°C, que apresentou 65,3% de degradação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.10.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARCELLO, ^Bianca^Alves; PILLIS, Marina Fuser. Caracterização microestrutural, morfológica e fotocatalítica de filmes finos de TiO<sub>2</sub> obtidos por deposição química de organometálicos em fase vapor. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.
    • APA

      Marcello, ^B. ^A., & Pillis, M. F. (2015). Caracterização microestrutural, morfológica e fotocatalítica de filmes finos de TiO<sub>2</sub> obtidos por deposição química de organometálicos em fase vapor. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Marcello ^B^A, Pillis MF. Caracterização microestrutural, morfológica e fotocatalítica de filmes finos de TiO<sub>2</sub> obtidos por deposição química de organometálicos em fase vapor. 2015 ;
    • Vancouver

      Marcello ^B^A, Pillis MF. Caracterização microestrutural, morfológica e fotocatalítica de filmes finos de TiO<sub>2</sub> obtidos por deposição química de organometálicos em fase vapor. 2015 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021