Exportar registro bibliográfico

Prevalência de úlcera por pressão em um hospital de emergência e características dos pacientes (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: BERNARDES, RODRIGO MAGRI - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: ÚLCERA POR PRESSÃO (PREVALÊNCIA); PACIENTES (SEGURANÇA)
  • Keywords: Patient safety; Pressure ulcer; Prevalence; Prevalência; Segurança do paciente
  • Language: Português
  • Abstract: A úlcera por pressão (UP) representa um grande desafio para a saúde mundial e, devido ao grande impacto que ocasiona nos custos do tratamento e na vida dos indivíduos, tem surgido um grande interesse em estudos que avaliem sua ocorrência e a assistência prestada. Os objetivos do estudo foram: identificar os índices de prevalência pontual de UP em um hospital universitário de emergência e nos diferentes setores, caracterizar as UPs considerando a classificação em categorias e a localização, investigar a associação entre presença de UP e variáveis demográficas e clínicas, descrever o processo de cuidar na instituição, considerando o registro nos prontuários sobre avaliação do risco dos pacientes e a inspeção da pele na admissão, identificar as superfícies de suporte utilizadas. Trata-se de estudo transversal, descritivo e analítico, quantitativo, aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. A coleta de dados foi conduzida durante um único dia, em toda a instituição, nos setores de cuidado com pacientes adultos e idosos, com exceção dos setores de Psiquiatria e Queimados, totalizando 87 pacientes. A investigação da associação da ocorrência de UP com as variáveis demográficas e clínicas utilizou o Teste Qui-Quadrado, Teste Exato de Fisher e Teste U de Mann-Whitney e adotou como nível de significância α=0,05. A maior parte (56,31%) dos pacientes tinha menos de 60 anos (média 54,01, DP 19,14), sexo masculino (54,02%), pele branca (77,01%). O número de diagnósticos médicos variou de um a 10 (mediana 2, média 2,34) e o número de medicamentos prescritos de dois a 22 (média 10,86, DP 4,28). A média do escore total na Escala de Braden foi 15,57 (DP 4,91), mediana 15. Somente 30 (34,48%) pacientes não estavam em risco para desenvolver UP. Trinta e quatro pacientes tiveram 84 úlceras, o número de UP por paciente variou de um a nove (média 5, DP 2,22). A prevalência pontualde UP na instituição foi de 40% e nos setores variou entre zero e 75%. A maior prevalência pontual foi em pacientes do CTI, seguida dos setores Semi-intensivos e Enfermarias. A maioria das UPs era na categoria/estágio II (42,86%), localizadas nas regiões dos calcâneos (28,57%) e sacral (22,61%). Não houve associação entre a ocorrência da UP e cor da pele, idade e quantidade de diagnósticos. A presença de UP estava associada à maior quantidade de medicamentos prescritos, maior tempo de internação antes da data da pesquisa e menores escores na Escala de Braden e nas suas subescalas. Em 4,6% dos prontuários dos pacientes havia registro da avaliação de risco para UP na admissão. Em 70% dos prontuários não foi encontrado o registro sobre as condições de integridade da pele. Em alguns setores havia camas especiais com colchões destinados à prevenção e tratamento de UP. Conclui-se que é necessário a adoção da cultura de segurança do paciente na instituição, de forma ampla, para contribuir com a qualidade da assistência prestada. O estudo é inédito no Brasil por investigar a prevalência, fatores de risco para UP e aspectos do processo de cuidar em hospital universitário de urgência
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.09.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BERNARDES, Rodrigo Magri; CALIRI, Maria Helena Larcher. Prevalência de úlcera por pressão em um hospital de emergência e características dos pacientes. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-23122015-103420/ >.
    • APA

      Bernardes, R. M., & Caliri, M. H. L. (2015). Prevalência de úlcera por pressão em um hospital de emergência e características dos pacientes. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-23122015-103420/
    • NLM

      Bernardes RM, Caliri MHL. Prevalência de úlcera por pressão em um hospital de emergência e características dos pacientes [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-23122015-103420/
    • Vancouver

      Bernardes RM, Caliri MHL. Prevalência de úlcera por pressão em um hospital de emergência e características dos pacientes [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-23122015-103420/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021