Exportar registro bibliográfico

Efeito do exercício físico sobre a ação do LPS no reparo ósseo em ratos (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: NOGUEIRA, JONATAS EVANDRO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: REPARO ÓSSEO; EXERCÍCIO FÍSICO; LIPOPOLISSACARÍDEOS
  • Keywords: Bone Repair; Lipopolysaccharide; Physical Exercise
  • Language: Português
  • Abstract: O reparo ósseo é um processo que consiste na restauração dos tecidos. Ele pode ser facilitado através de enxertos, estimulação bioquímica e estimulação física. Por outro lado, pode ser retardado por endotoxina (lipopolissacarídeo; LPS). O exercício físico exerce efeito benéfico para o osso, porém não é reconhecido o efeito sobre a reparação óssea. Assim, investigamos o efeito do exercício físico sobre a ação do LPS no reparo ósseo, por meio, de dosagens de citocinas plasmáticas, densitometria óssea, análise histológica quantitativa do tecido ósseo neoformado e marcadores imuno-histoquímicos, em animais sedentários e treinados. Os ratos foram divididos em quatro grupos: sedentário salina, sedentário LPS, exercício salina e exercício LPS. O exercício consistiu no treinamento físico na esteira durante quatro semanas. Após o treinamento, os ratos foram submetidos à cirurgia para confecção do defeito ósseo na tíbia direita e 24 horas após a cirurgia o LPS foi administrado na dose de 100 g/kg ou 1 ml/kg de salina, intraperitoneal. Finalmente, após 10 dias o sangue e as tíbias direitas foram obtidos para as análises, período em que os animais não foram submetidos ao treinamento físico. Os ratos treinados tiveram menor peso corporal do que os ratos sedentários (P<0,001). O exercício físico exerceu efeito positivo na reparação óssea, aumentando a densidade mineral óssea (P<0,005), o conteúdo mineral ósseo (P<0,005), a neoformação óssea (P<0,005), o colágeno tipo I (P<0,05) e a expressão de osteocalcina (P<0,05). As citocinas plasmáticas não foram detectadas na análise. Esses parâmetros não foram afetados pela administração sistêmica de LPS. Assim, os dados são consistentes com o conceito de que o exercício físico exerce um importante efeito osteogênico, que é mantido durante a inflamação sistêmica aguda induzida por uma única dose de LPS
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.06.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOGUEIRA, Jonatas Evandro; ISSA, João Paulo Mardegan. Efeito do exercício físico sobre a ação do LPS no reparo ósseo em ratos. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17142/tde-04082015-140700/ >.
    • APA

      Nogueira, J. E., & Issa, J. P. M. (2015). Efeito do exercício físico sobre a ação do LPS no reparo ósseo em ratos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17142/tde-04082015-140700/
    • NLM

      Nogueira JE, Issa JPM. Efeito do exercício físico sobre a ação do LPS no reparo ósseo em ratos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17142/tde-04082015-140700/
    • Vancouver

      Nogueira JE, Issa JPM. Efeito do exercício físico sobre a ação do LPS no reparo ósseo em ratos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17142/tde-04082015-140700/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021