Exportar registro bibliográfico

Avaliação do consumo de suco de uva integral no estresse oxidativo e perfil cognitivo de pacientes com Doença de Alzheimer (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: BENTO, ANA PAULA LANÇA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: DOENÇA DE ALZHEIMER; UVA; ESTRESSE OXIDATIVO; MEMÓRIA
  • Language: Português
  • Abstract: A Doença de Alzheimer (DA) é uma doença neurodegenerativa crônica com considerável impacto na saúde Há evidências de que o tecido cerebral de pacientes com DA esteja exposto ao estresse oxidativo (EO) durante o curso da doença e que no envelhecimento, ocorre o declínio da defesa antioxidante e mecanismos de reparo. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do consumo de suco de uva integral no estresse oxidativo e no perfil cognitivo de idosos com Doença de Alzheimer leve. Foram incluídos no estudo pacientes com Doença de Alzheimer leve, idade igual ou superior a 60 anos, em uso de tratamento medicamentoso com dose estável há no mínimo três meses, que relatavam boa aceitação do suco de uva e foram excluídos os pacientes com Diabetes Mellitus, presença de doença aguda no momento da intervenção, depressão, doença de Parkinson, esclerose múltipla, acidente vascular cerebral prévio e demência mista. Os pacientes foram divididos em dois grupos, denominados grupo Suco e Placebo. Os participantes foram orientados a consumir 500 mL por dia de suco de uva integral ou placebo (suco de uva artificial) durante 3 meses. Todos os participantes foram submetidos a avaliações bioquímicas (malonaldeído, proteína carbonilada, glutationa reduzida, ácido úrico, FRAP, ACT, 8 OHdG, vitamina E e C, colesterol, triglicerídeos e hemoglobina), da função cognitiva (bateria de testes neuropsicológicos CERAD), consumo alimentar (registro alimentar e questionário de frequência de consumo) e antropométrica (peso, altura, IMC e prega cutânea triciptal), no início e final do estudo. Foram identificados 35 pacientes que se encaixavam nos critérios da pesquisa, 31 deles aceitaram participar e somente 26 chegaram ao final do estudo, sendo 13 pacientes em cada grupo. Houve predominância do sexo feminino, tempo de escolaridade de 4 anos e de diagnóstico de Doença de Alzheimer de 3,7 anos. O grupo sucoapresentou consumo médio de 452,5 mL de suco de uva integral e o grupo placebo de 488,5 mL. Em relação às dosagens bioquímicas observou-se diferença estatística entre os grupos para proteína carbonilada (p valor 0,02) e hemoglobina (p valor 0,015), estando elevados no grupo Placebo. Na avaliação intra-grupo, foi possível verificar que após a intervenção houve redução significativa do MDA (p = 0,012) e 8 OHdG (p = 0,029) no grupo suco e aumento da proteína carbonilada (p = 0,00) e redução do colesterol total (p = 0,02) no grupo placebo. Na avaliação cognitiva observou-se diferença intra-grupo para o teste Evocação de palavras (p = 0,045) no grupo Suco, sendo que no grupo placebo esta diferença não foi verificada. Quanto ao consumo alimentar, não se observou diferença entre os grupos, ambos apresentaram baixo consumo de gordura monoinsaturada, gordura polinsaturada, ácido graxo alfa linolênico (C18:3), ácido graxo linoléico (C18:2), ácido docosahexaenóico (DHA) (C22:6) + Ácido eicosapentanóico (EPA) (C20:5), fibras alimentares, cálcio, manganês, vitamina E, vitamina A e ácido fólico. Entre as variáveis antropométricas não foi possível observar diferença entre os grupos. O presente trabalho sugere que o consumo de suco de uva integral seja capaz de reduzir o estresse oxidativo e melhorar a função cognitiva, especificamente da memória episódica, em pacientes com Doença de Alzheimer leve. Novos estudos devem ser realizados com maior número de pessoas a fim de comprovar os resultados encontrados neste estudo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.05.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BENTO, Ana Paula Lança; JORDÃO JÚNIOR, Alceu Afonso. Avaliação do consumo de suco de uva integral no estresse oxidativo e perfil cognitivo de pacientes com Doença de Alzheimer. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Bento, A. P. L., & Jordão Júnior, A. A. (2015). Avaliação do consumo de suco de uva integral no estresse oxidativo e perfil cognitivo de pacientes com Doença de Alzheimer. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bento APL, Jordão Júnior AA. Avaliação do consumo de suco de uva integral no estresse oxidativo e perfil cognitivo de pacientes com Doença de Alzheimer. 2015 ;
    • Vancouver

      Bento APL, Jordão Júnior AA. Avaliação do consumo de suco de uva integral no estresse oxidativo e perfil cognitivo de pacientes com Doença de Alzheimer. 2015 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021