Exportar registro bibliográfico

A pesca nos manguezais no Estuário do Rio São Francisco: uma abordagem sócio-ecológica com ênfase no caranguejo Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, LUCIANA CAVALCANTI MAIA - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIE
  • Subjects: PESCA ARTESANAL; CRUSTÁCEOS; ECOSSISTEMAS DE MANGUE; RECURSOS NATURAIS; CARANGUEJO (FATORES SOCIOECONÔMICOS); SENSORIAMENTO REMOTO; PROTEÇÃO AMBIENTAL
  • Keywords: Análise multi-critério; Conservação; Conservation; Crustaceans; Ethnoecology; Etnoecological; Multi-criteria evaluation; Sistema sócio-ecológico; Small-scale fishery; Socio-ecological systems
  • Language: Português
  • Abstract: No Nordeste do Brasil, o estuário do Rio São Francisco apresenta extensas áreas de manguezais (32 km2) cujos recursos são utilizados por populações humanas. Este estudo considerou a metodologia de sistemas sócio-ecológicos complexos para analisar a pesca nos manguezais desse estuário, com ênfase no caranguejo Ucides cordatus. Por meio da integração de dados de diferentes áreas (etnobiologia, levantamentos socioeconômicos, estrutura populacional do caranguejo, características da vegetação, arranjo espacial da paisagem, sensoriamento remoto e geoprocessamento) em uma análise multicritério foi determina e mapeada a aptidão dos manguezais para a conservação e a pesca dessa espécie. Uma diversidade de recursos pesqueiros do manguezal (por exemplo, peixes, caranguejos e moluscos), constitui a principal base da economia de subsistência local, em que o caranguejo U. cordatus é o mais importante. As populações locais possuem um vasto conhecimento sobre o tamanho populacional e corporal, ciclo de vida, diferenciação sexual e habitat dessa espécie, e aplicam práticas conservacionistas no uso da redinha. A estrutura populacional do caranguejo revelou um alto potencial pesqueiro, com maior abundância de caranguejos de tamanho comercial do que os de tamanho não comercial. Os manguezais mais aptos para a conservação de U. cordatus (9,4 km2) estão localizados próximos à foz e apresentam alta abundância de caranguejos não comerciais, baixa densidade de caranguejos comerciais e baixo grau deutilização para a pesca. Os manguezais mais aptos para a pesca (10,2 km2) estão distantes da foz e apresentam alta abundância de caranguejos de tamanho comercial, baixa densidade de caranguejos em tamanho não comercial, caranguejos grandes, médio a alto grau de uso e estão próximos aos povoados. Os mapas de aptidão gerados podem auxiliar as agências governamentais no delineamento de áreas extrativistas e de exclusão da pesca, como sugerido no Plano Nacional de Gestão para o Uso Sustentável do Caranguejo-uçá
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.01.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Luciana Cavalcanti Maia; BITENCOURT, Marisa Dantas. A pesca nos manguezais no Estuário do Rio São Francisco: uma abordagem sócio-ecológica com ênfase no caranguejo Ucides cordatus (Linnaeus, 1763). 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-20052015-090603/ >.
    • APA

      Santos, L. C. M., & Bitencourt, M. D. (2015). A pesca nos manguezais no Estuário do Rio São Francisco: uma abordagem sócio-ecológica com ênfase no caranguejo Ucides cordatus (Linnaeus, 1763). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-20052015-090603/
    • NLM

      Santos LCM, Bitencourt MD. A pesca nos manguezais no Estuário do Rio São Francisco: uma abordagem sócio-ecológica com ênfase no caranguejo Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-20052015-090603/
    • Vancouver

      Santos LCM, Bitencourt MD. A pesca nos manguezais no Estuário do Rio São Francisco: uma abordagem sócio-ecológica com ênfase no caranguejo Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-20052015-090603/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021