Exportar registro bibliográfico

Atividade antioxidante, anticolinesterásica e perfil metabolômico de diferentes tipos de pimentas:: Implicações na doença de Alzheimer (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: BIAZOTTO, FUVIA DE OLIVEIRA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LAN
  • Subjects: DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS; ALIMENTOS FUNCIONAIS; ENVELHECIMENTO; PIMENTA
  • Language: Português
  • Abstract: A principal forma de tratamento da doença de Alzheimer é através de inibidores sintéticos de acetilcolinesterase. Os inibidores existentes no mercado além, de terem um custo elevado e apresentarem efeitos colaterais não previnem ou curam a doença de Alzheimer, apenas retardam o seu desenvolvimento. A baixa efetividade dos tratamentos existentes e a ausência de prognóstico positivo impulsionaram no mercado uma demanda por novas formas de tratamento e/ou prevenção da doença. Neste cenário, investigar a atividade anticolinesterásica em pimentas do reino e pimenta rosa, bem como seu potencial antioxidante e composição fitoquímica são maneiras de promover tanto o conhecimento sobre estas especiarias como beneficiar o panorama de saúde pública, seja no combate a doença de Alzheimer e/ou outras pandemias existentes. Com o objetivo de avaliar o potencial destas especiarias, extratos metanólicos de pimenta preta, verde, branca e rosa foram avaliados segundo o teor de fenólicos totais, atividade antioxidante pelo método DPPH, ABTS e FRAP e atividade anticolinesterásica. Posteriormente o perfil metabolômico dos grãos e extratos de pimenta foi analisado por cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massa. As amostras foram ionizadas por -eletrospray? operando em modo negativo e positivo. O extrato de pimenta rosa apresentou o maior teor de compostos fenólicos totais e a melhor atividade antioxidante e anticolinesterásica em comparação aos demais extratos. Dentre as pimentas doreino, a pimenta verde destacou-se com os maiores teores de compostos fenólicos e atividade antioxidante pelo método DPPH e ABTS. Já a pimenta preta mostrou os melhores resultados para as análises de atividade anticolinesterásica e atividade antioxidante pelo método FRAP. Quanto ao perfil metabolômico as amostras de pimenta foram significativamente distintas entre si. Os espectros obtidos para as amostras de grãos de pimenta foram mais ricos em metabólitos em relação às amostras de extrato em ambos os modos operacionais. O processamento das pimentas do reino induziu modificações quantitativas e qualitativas sobre a composição fitoquímica deste condimento. A pimenta rosa não apresentou nenhum possível metabólito com alto potencial discriminatório, dentre os 15 íons investigados. Em modo operacional negativo, os metabólitos presentes no extrato de pimenta verde, exceto íon de m/z 329,2081, foram responsáveis por todas as contribuições mais significativas entre os perfis metabolômicos gerados. A partir dos resultados obtidos no presente trabalho é possível afirmar que a pimenta rosa apresenta o maior potencial na redução de risco da doença de Alzheimer, dentre as pimentas investigadas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.10.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BIAZOTTO, Fuvia de Oliveira; SALGADO, Jocelem Mastrodi. Atividade antioxidante, anticolinesterásica e perfil metabolômico de diferentes tipos de pimentas:: Implicações na doença de Alzheimer. 2014.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-10112014-112458/ >.
    • APA

      Biazotto, F. de O., & Salgado, J. M. (2014). Atividade antioxidante, anticolinesterásica e perfil metabolômico de diferentes tipos de pimentas:: Implicações na doença de Alzheimer. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-10112014-112458/
    • NLM

      Biazotto F de O, Salgado JM. Atividade antioxidante, anticolinesterásica e perfil metabolômico de diferentes tipos de pimentas:: Implicações na doença de Alzheimer [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-10112014-112458/
    • Vancouver

      Biazotto F de O, Salgado JM. Atividade antioxidante, anticolinesterásica e perfil metabolômico de diferentes tipos de pimentas:: Implicações na doença de Alzheimer [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-10112014-112458/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021