Exportar registro bibliográfico

Estudo da prevalência de comprometimento cognitivo leve e demência na cidade de Tremembé, estado de São Paulo (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: CéSAR, KAROLINA GOUVEIA - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MNE
  • Subjects: COGNIÇÃO; PREVALÊNCIA; DEMÊNCIA; IDOSOS; BRASIL (EPIDEMIOLOGIA)
  • Keywords: Aged; Brasil/epidemiologia; Brazil/epidemiology; Cognição; Cognition; Comprometimento cognitivo leve; Demência; Dementia; Idoso; Mild cognitive impairment; Prevalence; Prevalência
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A demência é um dos principais problemas de saúde devido ao rápido crescimento populacional de idosos, com prevalência estimada de 8,5% em estudos latino-americanos. Comprometimento cognitivo leve e Comprometimento Cognitivo sem Demência (CCSD) são designações utilizadas para a condição clínica entre o envelhecimento normal e demência com prevalência ainda insuficientemente determinada em estudos populacionais, particularmente no Brasil. Objetivos: Estabelecer a prevalência de CCSD e de demência em idosos que vivem na comunidade no município de Tremembé, estado de São Paulo, e avaliar a influência de variáveis sociodemográficas. Verificar se a prevalência de demência foi mais elevada entre sexagenários do que em países desenvolvidos.Secundariamente, verificar a adequação dos instrumentos: Questionário de Mudança Cognitiva (QMC), Addenbrooke’s Cognitive Examination-Revised (ACE-R) e Montreal Cognitive Assessment (MoCA) para estudos populacionais. Métodos: O estudo populacional foi realizado em fase única com os idosos com 60 anos ou mais residentes no município de Tremembé. Foram selecionados, de forma aleatória, 20% dos domicílios dos idosos de cada setor censitário do município. Além da avaliação clínica e neurológica, questionários foram aplicados aos informantes para avaliar atividade funcional (Informant Questionnaire on Cognitive Decline in the Elderly [IQCODE] e o Questionário de Atividades Funcionais de Pfeffer), e testes neuropsicológicos foram aplicados aos participantes (Bateria Breve do Rastreio Cognitivo, Mini Exame do Estado Mental, teste de fluência verbal e teste do desenho do relógio) juntamente com escalas de avaliação psiquiátrica. Os diagnósticos de CCSD e de demência foram estabelecidos em reunião de consenso entre dois especialistas em neurologia cognitiva, com base no conjunto dos dados obtidos.Resultados: Foram examinados 630 indivíduos (63% eram mulheres), com média de idade de 71,28 (±7,99) e média de escolaridade de 4,90 anos (±4,54). A prevalência de demência encontrada foi de 17,5%, mais elevada que em países desenvolvidos em todas as faixas etárias, mas essa diferença foi maior entre 60 a 69 anos. A prevalência encontrada de CCSD foi de 19,5%. Essas prevalências tiveram influência da idade (p < 0,001) e da escolaridade (p < 0,001). Não houve diferença significativa de gêneros entre os diagnósticos (p= 0,166). Em análise de múltiplas comparações, a idade foi significativamente diferente entre os três grupos, sendo mais alta no grupo com demência, mais baixa no normal e intermediária no grupo com CCSD; e a escolaridade foi mais alta no grupo normal quando comparada à média de escolaridade dos dois outros grupos. A presença de demência teve associação significativa com baixo nível socioeconômico, acidente vascular cerebral, transtorno psiquiátrico prévio, etilismo e epilepsia, enquanto o diagnóstico de CCSD apresentou associação apenas com acidente vascular cerebral. Conclusões: A prevalência de demência neste estudo foi mais alta em relação a outros estudos, especialmente em idosos sexagenários. As prevalências de demência e CCSD foram influenciadas pela idade e pela escolaridade. QMC foi um bom instrumento para diagnóstico de demência na comunidade, mas o ACE-R e o MoCA não apresentaram boa acurácia nesta população com heterogeneidade educacional
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.06.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CÉSAR, Karolina Gouveia; NITRINI, Ricardo. Estudo da prevalência de comprometimento cognitivo leve e demência na cidade de Tremembé, estado de São Paulo. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5138/tde-15082014-161857/ >.
    • APA

      César, K. G., & Nitrini, R. (2014). Estudo da prevalência de comprometimento cognitivo leve e demência na cidade de Tremembé, estado de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5138/tde-15082014-161857/
    • NLM

      César KG, Nitrini R. Estudo da prevalência de comprometimento cognitivo leve e demência na cidade de Tremembé, estado de São Paulo [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5138/tde-15082014-161857/
    • Vancouver

      César KG, Nitrini R. Estudo da prevalência de comprometimento cognitivo leve e demência na cidade de Tremembé, estado de São Paulo [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5138/tde-15082014-161857/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020