Exportar registro bibliográfico

Avaliação automática de acessibilidade em RIA (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: WATANABE, WILLIAN MASSAMI - ICMC
  • Unidade: ICMC
  • Sigla do Departamento: SCC
  • Subjects: WEB 2.0; PROCESSO DE SOFTWARE; SOFTWARE LIVRE (PROJETO); ENGENHARIA DE SOFTWARE
  • Keywords: Acessibilidade na Web; ARIA; ARIA. RIA; Engenharia Web; RIA; Web 2.0; Web 2.0; Web accessibility; Web engineering
  • Language: Português
  • Abstract: Com a popularização da Web 2.0 e RIA - Rich Internet Applications, as aplicações web cada vez mais utilizam-se da linguagem JavaScript, para implementar recursos de interação sofisticados e complexos na plataforma da Web, visando atrair os usuários com experiências que agradem e atendam suas expectativas. Uma vez que esses recursos de RIA, muitas vezes, fornecem feedback visual de mudanças realizadas na interface, usuários que interagem com a Web por meio de Tecnologias Assistivas, como leitores de tela, não são capazes de identificar e interagir corretamente com os componentes de interface. Assim, a WAI - Web Accessibility Initiative propôs a especificação ARIA - Accessible Rich Internet Applications que determina um conjunto de propriedades que atribuem semântica aos elementos de um componente de interface (Widget), permitindo que as Tecnologias Assistivas identifiquem previamente o comportamento dos componentes de interface e informem o usuário sobre as alterações que possam ser realizadas na estrutura da página web. Nesse contexto, esta tese teve como objetivo elaborar estratégias de avaliação automática dos requisitos de acessibilidade da especificação ARIA. Foram elaboradas três diferentes abordagens para analisar os requisitos da especificação ARIA, utilizando a metodologia de pesquisa-ação com a condução de três ciclos das atividades de planejar, agir, descrever e avaliar. As abordagens foram desenvolvidas com base em Testes de Aceitação e verificações decaracterísticas tecnológicas das aplicações web, considerando especificamente o modelo de interação de usuários deficientes visuais que utilizam leitores de tela. Cada uma das abordagens foi validada separadamente e os resultados apresentam tendências de que as estratégias são capazes de avaliar corretamente o comportamento esperado de uma aplicação rica de Internet acessível, segundo as recomendações ARIA para usuários deficientes visuais. As abordagens também apresentaram como contribuições: a inclusão do modelo de interação do usuário no processo de avaliação e levantamentos sobre os níveis de conformidade de aplicações web e bibliotecas JavaScript com a especificação ARIA. Os resultados obtidos a partir das abordagens propostas nesta tese contribuem para o processo de Engenharia Web de aplicações ricas de Internet acessíveis
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.03.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      WATANABE, Willian Massami; FORTES, Renata Pontin de Mattos. Avaliação automática de acessibilidade em RIA. 2014.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/55/55134/tde-10062014-105349/ >.
    • APA

      Watanabe, W. M., & Fortes, R. P. de M. (2014). Avaliação automática de acessibilidade em RIA. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/55/55134/tde-10062014-105349/
    • NLM

      Watanabe WM, Fortes RP de M. Avaliação automática de acessibilidade em RIA [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/55/55134/tde-10062014-105349/
    • Vancouver

      Watanabe WM, Fortes RP de M. Avaliação automática de acessibilidade em RIA [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/55/55134/tde-10062014-105349/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020