Exportar registro bibliográfico

Estado nutricional relativo ao zinco de pacientes com artrite reumatoide e sua relação com o estresse oxidativo e o polimorfismo Arg213Gli no gene da superóxido dimutase 3 (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, GRAZIELA BIUDE - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBA
  • Subjects: AVALIAÇÃO NUTRICIONAL; ZINCO; ARTRITE REUMATOIDE; ESTRESSE OXIDATIVO; NUTRIÇÃO HUMANA
  • Language: Português
  • Abstract: A artrite reumatoide (AR) é uma doença auto-imune de etiologia desconhecida caracterizada por uma inflamação poliarticular simétrica da membrana sinovial que acomete com maior frequência as articulações das mãos, punhos e pés. Estudos mostram que há um aumento do estresse oxidativo nestes pacientes e este fato pode ser atribuído à diminuição da ingestão de substâncias antioxidantes refletindo no aumento da produção de espécies reativas de oxigênio (ERO). Além disso, a presença de polimorfismos em enzimas antioxidantes como o Arg213Gli no gene da enzima superóxido dismutase 3 podem influenciar neste dano oxidativo. Portanto, o estudo teve como objetivo avaliar o estado nutricional relativo ao zinco de pacientes com artrite reumatoide e sua relação com o estresse oxidativo e o polimorfismo Arg213Gli no gene da SOD3. Foram selecionadas 59 mulheres diagnosticadas com AR (59,9±18,3 anos) atendidas no Setor de Reumatologia do Hospital São Paulo/Universidade Federal de São Paulo, que fizeram parte do grupo caso, e 56 mulheres saudáveis (35,5±9,9 anos) recrutadas no campus da Universidade de São Paulo, que fizeram parte do grupo controle. A coleta de sangue venoso foi destinada para avaliação das concentrações plasmática e eritrocitária de zinco, da atividade das enzimas glutationa peroxidase (GPx) e superóxido dismutase (SOD), e do polimorfismo Arg213Gli. A urina de 24 horas foi coletada para as análises de zinco, creatinina e 8-isoprostanos. A avaliação do consumo dietético de zinco foi feita por meio de três recordatórios alimentares de 24 horas. A análise estatística foi feita no software SPSS 14.0 por meio de testes de comparações de médias e correlações selecionados de acordo com a distribuição da normalidade e considerando p significativo menor que 5%. As concentrações plasmáticas de zinco foram significativamente menores para o grupo caso quando comparadas ao grupo controle(53,4±9,8 µg/dL e 58,2±10,1 µg/dL, respectivamente; p=0,011). Com relação às concentrações de zinco eritrocitário e urinário não houve diferença significativa entre os grupos (p=0,219 e p=0,695, respectivamente). O percentual de inadequação do consumo de zinco foi de 98,9% para o grupo caso e 58% para o grupo controle. A atividade da SOD foi significativamente menor no grupo caso (1333,8 ±420,8 U/gHb) do que no grupo controle (1755,0 ±525,5 U/gHb) (p<0,001), assim como a atividade da GPx (38,2 ±17,0 U/gHb e 52,6 ±14,4 U/gHB, respectivamente) (p<0,001). As concentrações de 8-isoprostanos não diferiram entre os grupos caso e controle, (133,8 ±175,4 ng/mmol de creatinina e 139,3 ± 52,7 ng/mmol de creatinina; p=0,836, respectivamente). Em relação à genotipagem do SNP Arg213Gli não foi encontrado nenhuma participante com o genótipo homozigoto (Gli/Gli) para o polimorfismo. No grupo caso, apenas uma participante apresentou o genótipo heterozigoto (Arg/Gli). Os resultados apresentados indicam que as pacientes com AR estão deficientes em zinco e apresentam um aumento do estresse oxidativo, sugerindo a necessidade de uma suplementação deste mineral
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.12.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Graziela Biude; COZZOLINO, Silvia Maria Franciscato. Estado nutricional relativo ao zinco de pacientes com artrite reumatoide e sua relação com o estresse oxidativo e o polimorfismo Arg213Gli no gene da superóxido dimutase 3. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9132/tde-27022014-103035/ >.
    • APA

      Silva, G. B., & Cozzolino, S. M. F. (2013). Estado nutricional relativo ao zinco de pacientes com artrite reumatoide e sua relação com o estresse oxidativo e o polimorfismo Arg213Gli no gene da superóxido dimutase 3. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9132/tde-27022014-103035/
    • NLM

      Silva GB, Cozzolino SMF. Estado nutricional relativo ao zinco de pacientes com artrite reumatoide e sua relação com o estresse oxidativo e o polimorfismo Arg213Gli no gene da superóxido dimutase 3 [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9132/tde-27022014-103035/
    • Vancouver

      Silva GB, Cozzolino SMF. Estado nutricional relativo ao zinco de pacientes com artrite reumatoide e sua relação com o estresse oxidativo e o polimorfismo Arg213Gli no gene da superóxido dimutase 3 [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9132/tde-27022014-103035/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021