Exportar registro bibliográfico

Associação dos Fatores de Risco Cardiovasculares com os tipos de demência em diabéticos (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: DEGIOVANNI, GABRIEL CARVALHO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: DEMÊNCIA; DIABETES MELLITUS; FATORES DE RISCO; DOENÇAS CARDIOVASCULARES
  • Language: Português
  • Abstract: O crescente aumento no número de idosos é característica marcante na população mundial e aumenta a preocupação, pelos profissionais da saúde, com relação à prevenção e manejo de doenças associadas ao envelhecimento. A demência, uma das doenças mais comuns e mais devastadoras em idosos, incide em 4,6 milhões de novos casos em todo o mundo a cada ano e tem previsão do número de pessoas afetadas para o ano de 2040 em 81,1 milhões. A demência manifesta-se em idosos acima de 65 anos e principalmente acima de 85 anos de idade, onde estão 50% dos casos e é chamada de demência tardia. Pode ocorrer abaixo dos 65 anos, mas a incidência é menor que 1% dos casos. A forma mais comum de demência é a doença de Alzheimer (DA), seguida da demência vascular (DV). Esses dois tipos de demência, DA e DV, partilham muitas características comuns patológicas, sintomáticos e neuroquímicas. Entre os principais fatores de risco para demência estão a idade, baixa escolaridade, hipertensão (HAS), diabetes, cardiopatias, dislipidemias (DLP), sobrepeso/obesidade, genética, tabagismo, etilismo, acidente vascular cerebral (AVC). O diabetes é outro fator e tem sido apontado com fator de risco independente para demência. A investigação das potenciais causas de demência tem-se baseado em estudos observacionais que buscam associar fatores de exposição e demência, sendo que alguns destes fatores são modificáveis ou ainda não estão bem esclarecidos. Diante da sobreposição de causas e fatores de risco para estas duas demências mais comuns, a identificação das alterações cognitivas associada à identificação de doenças cardiovasculares, seria extremamente importante. Desta forma, torna o estudo dos fatores de risco alguma promessa de avanços da terapêutica. No presente estudo, a associação dos principais fatores de risco cardiovasculares (FRCV) com a idade e o tipo das demências foi avaliadaem idosos diabéticos com demência de Alzheimer (n=47) e demência mista ou vascular (n=49). O controle glicêmico não apresentou diferença entre os indivíduos das duas demências nem relação com a idade do caso novo. A presença de hipertensão e dislipidemia foram os principais FRCV encontrados nestes diabéticos. Estes e outros fatores como obesidade, tabagismo e fibrilação atrial não demonstraram associação com a idade e o tipo da demência. O AVC e o gênero masculino tiveram associação com a demência vascular. A presença marcante de FRCV além do diabetes tanto nas demências vasculares quanto na demência de Alzheimer reforça a hipótese de sobreposição de causas e forma de manifestação das demências e a dificuldade em identificá-las
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.10.2013

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DEGIOVANNI, Gabriel Carvalho; MORIGUTI, Julio Cesar. Associação dos Fatores de Risco Cardiovasculares com os tipos de demência em diabéticos. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013.
    • APA

      Degiovanni, G. C., & Moriguti, J. C. (2013). Associação dos Fatores de Risco Cardiovasculares com os tipos de demência em diabéticos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Degiovanni GC, Moriguti JC. Associação dos Fatores de Risco Cardiovasculares com os tipos de demência em diabéticos. 2013 ;
    • Vancouver

      Degiovanni GC, Moriguti JC. Associação dos Fatores de Risco Cardiovasculares com os tipos de demência em diabéticos. 2013 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021