Exportar registro bibliográfico

Adaptação cultural e validação para a língua portuguesa da "Escala de Bienestar Materno en Situación de Parto (BMSP 2)" (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: JAMAS, MILENA TEMER - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Subjects: PARTO NORMAL; PARTO (ASSISTÊNCIA); SATISFAÇÃO DO PACIENTE; AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS; ENFERMAGEM
  • Keywords: Satisfação do Usuário; Natural Childbirth; Midwifery; Consumer Satisfaction; Health Services Evaluation; Nursing
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A avaliação da assistência prestada é uma das condições básicas para promover a qualidade dos serviços de saúde. Obter dados a respeito do bem estar segundo a perspectiva da mulher permite corrigir inadequações e melhorar a qualidade da assistência ao parto. Objetivo da pesquisa: Esta pesquisa teve o objetivo de adaptar culturalmente e validar as propriedades psicométricas da Escala de Bienestar Materno em Situación de Parto (BMSP 2) para a língua portuguesa (Brasil).Metodologia: Trata-se de um estudo do tipo metodológico aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo, sob o parecer nº 170.412. A adaptação cultural desta Escala, que foi produzida por enfermeiras obstétricas chilenas, foi feita conforme recomendações da literatura científica pertinente: tradução da BMSP2 para a língua portuguesa; retrotradução para língua de origem do instrumento; avaliação por um comitê de juízes; pré-teste da versão adaptada e aplicação da versão final em português. Os dados foram coletados no período de dezembro de 2012 a março de 2013 em um Hospital-Escola, situado na Zona Norte do Município de São Paulo. Participaram do estudo, 500 mulheres que receberam assistência ao parto normal na Instituição. A validade de face e conteúdo foi avaliada pelo comitê de juízes; para a validade de constructo foi realizada a análise fatorial; a validade de constructo convergente foi avaliada através do Teste de Correlação de Pearson entre a BMSP 2 e o domínio satisfação com a vida da Escala de Bem Estar Subjetivo; a validade de constructo divergente foi avaliada por meio de teste para comparação de grupos distintos. A confiabilidade foi avaliada pela consistência interna de seus itens (Alfa de Cronbach). O nível de significância adotado foi de 0,05.Resultados: A maioria das participantes do estudo vivia com o parceiro, possuía idade de 26,7 anos em média, era da cor branca, tinha entre nove e 11 anos de estudo e era do lar. Em relação às características obstétricas, 36,2% era multigesta, 28% estava na segunda gestação e 35,8% era primigesta, com idade gestacional entre 39 e 39 semanas e 6 dias (33,8%). Na avaliação das propriedades psicométricas, a análise fatorial apresentou um agrupamento diferente do encontrado pelos autores da versão original do instrumento, demonstrando a necessidade de desenvolver novos estudos objetivando propor nova distribuição fatorial para a versão brasileira desta escala. A validade de constructo convergente apresentou correlação positiva com o domínio satisfação com a vida da EBES. Na validade de constructo divergente foi obtida uma relação significante com algumas características sociodemográficas e clinico obstétricas. Com relação à confiabilidade, foi obtido um valor adequado para a consistência interna da versão adaptada da BMSP 2 (Alfa de Cronbach 0,93). Conclusão: A versão adaptada para o português da BMSP 2 mostrou-se válida e confiável na amostra estudada. Novos estudos necessitam ser realizados para testar essas propriedades em outros grupos de pacientes brasileiras.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.06.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JAMAS, Milena Temer; HOGA, Luiza Akiko Komura. Adaptação cultural e validação para a língua portuguesa da "Escala de Bienestar Materno en Situación de Parto (BMSP 2)". 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-11092013-162127/pt-br.php >.
    • APA

      Jamas, M. T., & Hoga, L. A. K. (2013). Adaptação cultural e validação para a língua portuguesa da "Escala de Bienestar Materno en Situación de Parto (BMSP 2)". Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-11092013-162127/pt-br.php
    • NLM

      Jamas MT, Hoga LAK. Adaptação cultural e validação para a língua portuguesa da "Escala de Bienestar Materno en Situación de Parto (BMSP 2)" [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-11092013-162127/pt-br.php
    • Vancouver

      Jamas MT, Hoga LAK. Adaptação cultural e validação para a língua portuguesa da "Escala de Bienestar Materno en Situación de Parto (BMSP 2)" [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-11092013-162127/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021