Exportar registro bibliográfico

"Só me interessa o que não é meu": a dimensão paródica do verso oswaldiano em Pau Brasil (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: CIABOTTI, EDUARDO BORGES - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: MODERNISMO (LITERATURA); PARÓDIA
  • Keywords: Autolegitimação; Autorreferência; Pau Brasil; Self-legitimation; Self-referencing
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho analisa as motivações, os alcances e os efeitos da paródia em alguns poemas de Pau Brasil (1925), de Oswald de Andrade. Inicio a dissertação com um painel constituído de reflexões acerca de algumas formas de arte contemporâneas a Pau Brasil, responsáveis por uma radical reestruturação no modo de conceber o texto literário, para, a seguir, situar a paródia entre essas práticas artísticas. Busco, assim, caracterizar a inserção de Oswald de Andrade e do modernismo brasileiro no viés paródico das vanguardas artístico-literárias europeias do início do século XX. É no contexto moderno da autorreferência e autolegitimação que a paródia se estabelece enquanto eficaz efeito metalinguístico e se mostra como profícuo mecanismo de investigação crítica acerca do processo de produção, recepção e (re)interpretação de textos (e de obras de arte em geral). Radical provocadora de mudanças de expectativas e de perspectivas, a paródia se articula com o projeto artístico moderno, possibilitando o questionamento de (pre)conceitos e uma (re)visão de determinados elementos artísticos e, consequentemente, dos papéis desempenhados por eles. A paródia serve de articulação entre arte e história e não se faz adequar a posturas idealizantes e/ou classizantes. A partir dessa conjuntura, a poética do movimento modernista brasileiro incluiu também, entre os preceitos da nova estética, uma aproximação crítica de obras do passado por meio do emprego da paródia. Ciente do seu passado e doseu presente, o projeto literário de Oswald de Andrade priorizou e incorporou parodicamente os discursos literário, histórico, político, religioso etc, através de uma aguda e conscienciosa reelaboração linguístico-literária. A paródia na obra de Oswald de Andrade, por um lado, faz jus à revolução estética que o movimento modernista trouxe à cultura brasileira e, por outro, torna possíveis ponderações acerca de inovações radicais no código literário brasileiro da primeira metade do século XX. Por meio da utilização paródica de textos históricos e literários em Pau Brasil e do uso de diferentes discursos e registros da língua portuguesa, Oswald de Andrade restaura a história e a literatura brasileira, da carta de Pero Vaz de Caminha à contemporaneidade do poeta. E ainda assinala, com saborosa argúcia, a diversidade e a disparidade socioeconômica do habitante nacional
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.03.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CIABOTTI, Eduardo Borges; LOPEZ, Therezinha Apparecida Porto Ancona. "Só me interessa o que não é meu": a dimensão paródica do verso oswaldiano em Pau Brasil. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8149/tde-27062013-104242/ >.
    • APA

      Ciabotti, E. B., & Lopez, T. A. P. A. (2013). "Só me interessa o que não é meu": a dimensão paródica do verso oswaldiano em Pau Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8149/tde-27062013-104242/
    • NLM

      Ciabotti EB, Lopez TAPA. "Só me interessa o que não é meu": a dimensão paródica do verso oswaldiano em Pau Brasil [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8149/tde-27062013-104242/
    • Vancouver

      Ciabotti EB, Lopez TAPA. "Só me interessa o que não é meu": a dimensão paródica do verso oswaldiano em Pau Brasil [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8149/tde-27062013-104242/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020