Exportar registro bibliográfico

Mecanismos nociceptivos desencadeados pela ativação espinal dos receptores NOD2 (CARD15) na gênese da dor crônica (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: FERREIRA, DAVID WILSON - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Subjects: DOR; HIPERSENSIBILIDADE A DROGAS; ASTRÓCITOS; RECEPTORES; NOCICEPTORES
  • Keywords: Astrocytes; Células da glia; Chronic pain; Dor crônica; Glial cells; Hipersensibilidade; Hypersensitivity; Micróglia; Muramil dipeptídeo; Muramyl dipeptide; NOD-like receptors; NOD2; Pattern recognition receptors; Receptor do tipo NOD; Receptores de reconhecimento padrão
  • Language: Português
  • Abstract: Entre os PRRs (receptores de reconhecimento padrão), NOD-like receptors (NLRs), tal como NOD2, são responsáveis pela detecção intracelular de muramil dipeptídeo (MDP); padrão molecular associado a patógeno (PAMP), encontrado no peptidoglicano (PGN) de praticamente todas bactérias GRAM positiva e negativa. Após o reconhecimento e estimulação por MDP, NOD2 recruta diretamente a serina-treonina quinase RIPK2, uma proteína adaptadora importante na ativação de NF‘capa’B mediada por NOD2. A expressão de NOD2 foi descrita em macrófagos e em outras células. Além disso, trabalhos anteriores indicaram que PRRs desempenham papel crucial na ativação de células gliais da medula espinal, na indução e manutenção da dor inflamatória crónica e dor neuropática. No presente estudo, avaliamos o papel de NOD2 na modulação da sensibilidade à dor, focando sua importância na ativação de células da glia da medula espinal, bem como a sua via de sinalização (RIPK2) e liberação de citocinas pró-nociceptivas, como o fator de necrose tumoral alfa (TNF-‘alfa’), interleucina-6 (IL-6) e interleucina-1 beta (IL-1‘beta’. Os resultados demonstram que camundongos selvagens tratados com MDP, apresentaram diminuição no limiar nociceptivo mecânico (pico entre 3 e 5 horas) comparado com o grupo controle (veículo), retornando ao basal após 48 horas. Além disso, camundongos ‘NOD2 POT. -/-’, ‘RIPK2 POT. -/-’, ‘TNFR1/2 POT. -/-’ e ‘IL-6 POT. -/-’ tratados com MDP não diferiram o limiar nociceptivo mecânico, comparado com seus respectivos grupos controle (veículo). Entretanto, camundongos ‘TNFR1 POT. -/-’, ‘CCR2 POT. -/-’, ‘TLR4 POT. -/-’, ‘MyD88 POT. -/-’ e ‘TRIF POT. -/-’ tratados com MDP, apresentaram diminuição no limiar nociceptivo mecânico similar aos camundongos selvagens tratados com MDP. Adicionalmente, o pré-tratamento de camundongos selvagens com IL-1ra,propentofilina, minociclina, fluorocitrato e SB 203580 inibiu o desenvolvimento da hipersensibilidade mecânica induzida por MDP. Estes dados sugerem que a ativação do sensor intracellular NOD2 esta presente em células da glia da medula espinal e estimula a ativação das vias de sinalização RIPK2 e p38 MAPK com subsequente produção de IL-1‘beta’, IL-6 e TNF‘alfa’, por uma via de sinalização independente de TLR4, MyD88 e TRIF. Finalmente, estes mecanismos contribuem para o processo de hipersensibilidade mecânica durante a neuropatia periférica e representam uma nova abordagem para elucidar os mecanismos envolvidos na fisiopatologia da dor crônica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.02.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, David Wilson; CUNHA, Thiago Mattar. Mecanismos nociceptivos desencadeados pela ativação espinal dos receptores NOD2 (CARD15) na gênese da dor crônica. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-28052018-152655/ >.
    • APA

      Ferreira, D. W., & Cunha, T. M. (2013). Mecanismos nociceptivos desencadeados pela ativação espinal dos receptores NOD2 (CARD15) na gênese da dor crônica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-28052018-152655/
    • NLM

      Ferreira DW, Cunha TM. Mecanismos nociceptivos desencadeados pela ativação espinal dos receptores NOD2 (CARD15) na gênese da dor crônica [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-28052018-152655/
    • Vancouver

      Ferreira DW, Cunha TM. Mecanismos nociceptivos desencadeados pela ativação espinal dos receptores NOD2 (CARD15) na gênese da dor crônica [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-28052018-152655/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021