Exportar registro bibliográfico

Serrumab : um fragmento de anticorpo monoclonal humano (scFv) que apresenta capacidade de neutralização para diferentes toxinas escorpiônicas (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: PUCCA, MANUELA BERTO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: ESCORPIÕES; VENENOS DE ORIGEM ANIMAL; SÓDIO; SOROS
  • Language: Português
  • Abstract: No Brasil, o envenenamento escorpiônico é considerado um problema de saúde pública. O escorpião amarelo, Tityus serrulatus (Ts), é descrito como a espécie mais perigosa, sendo responsável pela maioria dos acidentes e também pelos mais graves. O tratamento atual indicado para casos de envenenamento escorpiônico é a administração intravenosa de antiveneno produzido através da hiperimunização de equinos com a peçonha de Ts. Entretanto, o antiveneno disponível pode causar reações de hipersensibilidade, como anafilaxia e Doença do Soro. Neste contexto, a produção de anticorpos humanos pela tecnologia de Phage Display apresenta-se como uma alternativa viável para a produção de antivenenos que minimizem os efeitos dos soros atuais. Neste trabalho, o fragmento de anticorpo monoclonal humano (scFv), denominado pelo nosso grupo de Serrumab, foi utilizado (Pucca, 2009). Serrumab demonstrou inibir atividades tóxicas da peçonha de Ts in vitro e in vivo. Nos ensaios in vitro, utilizando células murinas de macrófagos peritoneais (J774. 1), Serrumab foi capaz de inibir a liberação das citocinas IL-6, TNF-‘alfa’, e IL-10 induzidas pela peçonha de Ts. In vivo, Serrumab foi capaz de neutralizar o aumento da concentração plasmática de uréia, creatinina, aspartato aminotransferase (AST) e glicose induzido pela peçonha de Ts. No âmbito celular, Serrumab foi capaz de inibir o recrutamento de neutrófilos induzidos pela peçonha de Ts. Também foram realizados ensaios eletrofisiológicos utilizando a técnica de voltage-clamp com dois microeletrodos com as principais toxinas da peçonha de Ts envolvidas no quadro de envenenamento (Ts1, Ts2, Ts3 e Ts5). Estes ensaios foram conduzidos com o intuito de tentar justificar como um anticorpo monoclonal poderia inibir ações tóxicas de uma peçonha bruta. Os resultados eletrofisiológicos demonstraram que Serrumab apresenta alta capacidade de neutralização contra‘beta’-toxinas da peçonha de Ts (43,2 % e 68,83 % de neutralização para as faxinas Ts1 e Ts2 respectivamente). Em relação às a-toxinas da peçonha de Ts, Serrumab não foi capaz de neutralizar a toxina Ts3 e apresentou baixa capacidade de neutralização contra a toxina Ts5 (10%). Adicionalmente, foram realizados experimentas com outras toxinas de outros géneros de escorpiões. Serrumab apresentou alta capacidade de neutralização para a ‘beta’-toxina Css II (46,96 %) proveniente do escorpião Centruroides suffusus suffusus e para a a-toxina Lqh 111 (100%) proveniente do escorpião Leiurus quinquestriatus hebraeus. Este trabalho demonstra que Serrumab é capaz de neutralizar várias faxinas da peçonha de Ts, podendo ser considerado um anticorpo humano eficiente a ser incluido em um soro antiescorpiônico no Brasil. Este estudo também demonstrou que Serrumab é capaz de neutralizar diferentes faxinas de géneros distintos de escorpião. Estes resultados reforçam a idéia que Serrumab é um anticorpo com capacidade de neutralização para diferentes toxinas escorpiônicas, podendo ser um componente em potencial a ser incluído em antivenenos escorpiônicos de diferentes géneros
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.10.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PUCCA, Manuela Berto; BARBOSA, José Elpidio. Serrumab : um fragmento de anticorpo monoclonal humano (scFv) que apresenta capacidade de neutralização para diferentes toxinas escorpiônicas. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Pucca, M. B., & Barbosa, J. E. (2012). Serrumab : um fragmento de anticorpo monoclonal humano (scFv) que apresenta capacidade de neutralização para diferentes toxinas escorpiônicas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Pucca MB, Barbosa JE. Serrumab : um fragmento de anticorpo monoclonal humano (scFv) que apresenta capacidade de neutralização para diferentes toxinas escorpiônicas. 2012 ;
    • Vancouver

      Pucca MB, Barbosa JE. Serrumab : um fragmento de anticorpo monoclonal humano (scFv) que apresenta capacidade de neutralização para diferentes toxinas escorpiônicas. 2012 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021