Exportar registro bibliográfico

Análise em larga escala da Expressão Gênica em Tumores Hipofisários: validação das vias Wnt Canônica e não-Canônicas (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: COLLI, LEANDRO MACHADO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: NEOPLASIAS HIPOFISÁRIAS; EXPRESSÃO GÊNICA
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A patogênese molecular dos tumores hipofisários não é totalmente conhecida. Análise seriada da Expressão Gênica (SAGE) tem sido utilizada para avaliar a expressão gênica em larga escala. A via Wnt está envolvida com tumorigênese geral, mas o papel das vias Wnt canônica e não-canônicas não está estabelecido nos tumores hipofisários. Objetivo: Avaliar a expressão gênica pelo método de SAGE e validar a expressão de genes diferencialmente expressos das vias Wnt canônica e não-canônicas nos diferentes subtipos de tumores hipofisários. Materiais e Métodos: Quatro diferentes bibliotecas de cDNA foram construídas: uma de hipófise normal e três tumorais (secretor de GH, secretor de ACTH e não-secretor), utilizando o método I-SAGE kit (Invitrogen). A análise bioinformática foi realizada pelo modelo Bayesiano (SAGEci). Avaliamos, também, em 21 tumores secretores de GH, 20 de ACTH, 22 não-secretores e em 6 hipófises normais, a expressão de 31 genes das vias Wnt: ligantes ativadores (WNT11, WNT4 e WNT5A) e inibidores de ativadores (DKK3, sFRP1), a ‘beta’-catenina (CTNNB1), complexo de degradação de β-catenina (APC, AXIN1, GSK3β) e seu inibidor (AKT1), sequestrador de β-catenina (CDH1), efetores das vias (TCF7, MAPK8 e NFAT5), mediadores de sinal ativador (DVL-1, DVL-2, DVL-3, PRICKLE e VANGL1), genes alvo (MYB, MYC, WISP2, SPRY1 e TP53), intermediários da via do cálcio (PLCB1, CAMK2A, PRKCA e CHP), e intermediários da via polaridade celular (PTK7, DAAM1 e RHOA). GUSβ, TBP e PGK1 foram utilizados como controles endógenos. A expressão gênica relativa foi calculada utilizado o software QPCR. Foram avaliados, por imunoistoquímica, os efetores das vias Wnt canônica (β-catenin), polaridade celular (JNK) e dependente de cálcio (NFAT5), além de DKK3. Resultados: Foram identificados 26.505 genes nas 4 bibliotecas de SAGE. Na comparação das bibliotecas tumoraiscom a normal, 446 genes estiveram hipoexpressos e 14 hiperexpressos. A biblioteca de tumor secretor de ACTH apresentou um gene exclusivamente hiperexpresso e quatro hipoexpressos, quando comparada com as outras bibliotecas tumorais. Por sua vez, a biblioteca de tumor secretor de GH apresentou dois genes hiperexpresoss e 12 hipoexpressos, enquanto a de não-secretor apresentou dois genes hiperexpressos e 13 hipoexpressos. Também foram identificados longos RNAs não condificantes (IncRNAs), sendo um (MALAT1) hiperexpresso e 24 hipoexpressos em todas as bibliotecas tumorais. Não houve diferença na expressão dos genes das vias Wnt canônica e não-canônicas nos tumores hipofisários comparados ao tecido hipofisário normal, exceto por WISP2 hiperexpresso nos tumores secretores de ACTH (4,7x; p=0,02). As proteínas β-catenina, NFATS e JNK não foram expressas nos tumores hipofisários, bem como na hipófise normal. DKK3 apresentou hipoexpressão nos tumores secretores de GH (p=0,001) e não-secretores (p<0,0001) e tendência nos secretores de ACTH (p=0 09). Conclusão: A técnica de SAGE permitiu identificar vários genes diferencialmente expressos nos tumores hipofisários. Não há evidência do envolvimento das vias Wnt canônica e não-canônicas na tumorigênese hipofisária. DKK3, um inibidor da via canônica Wnt, foi hipoexpresso principalmente em tumores não-secretores e secretores de GH, sugerindo um potencial papel supressor tumoral nestes tumores
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.09.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COLLI, Leandro Machado; CASTRO, Margaret de. Análise em larga escala da Expressão Gênica em Tumores Hipofisários: validação das vias Wnt Canônica e não-Canônicas. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Colli, L. M., & Castro, M. de. (2012). Análise em larga escala da Expressão Gênica em Tumores Hipofisários: validação das vias Wnt Canônica e não-Canônicas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Colli LM, Castro M de. Análise em larga escala da Expressão Gênica em Tumores Hipofisários: validação das vias Wnt Canônica e não-Canônicas. 2012 ;
    • Vancouver

      Colli LM, Castro M de. Análise em larga escala da Expressão Gênica em Tumores Hipofisários: validação das vias Wnt Canônica e não-Canônicas. 2012 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021