Exportar registro bibliográfico

Terapia fonoaudiológica em um caso de disfagia orofaríngea psicogênica: relato de caso (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BRASOLOTTO, ALCIONE GHEDINI - FOB ; FELIX, GIEDRE BERRETIN - FOB
  • Unidade: FOB
  • Subjects: FONOAUDIOLOGIA; TRANSTORNOS DE DEGLUTIÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A disfagia psicogênica resulta de alterações emocionais e psíquicas, com queixas frequentes de dificuldade para engolir. Na literatura raramente é descrita a atuação fonoaudiológica no tratamento de distúrbios da deglutição de etiologia psicológica. Objetivo: Descrever a proposta terapêutica e a evolução clínica de um caso diagnosticado com Disfagia Orofaríngea Psicogênica, relacionado às alterações miofuncionais orofaciais e ineficiência mastigatória. Método: Realizou-se acompanhamento fonoaudiológico de uma paciente do gênero feminino, de 50 anos, na Clínica de Disfagia Orofaríngea da FOB-USP. Para o diagnóstico foi realizada avaliação clínica da mastigação e deglutição, sendo verificada a presença de ineficiência mastigatória decorrente de ausência de elementos dentários e alterações oclusais, tosse durante e após deglutição, deglutições múltiplas e alteração vocal para o alimento pastoso engrossado (pudim) e sólido (bolacha wafer). Tais achados foram confirmados por meio do exame instrumental de nasoendoscopia, sendo verificada presença de escape oral posterior, atraso da fase faríngea e resíduos em seios piriformes para a ingestão de pudim e bolacha. A terapia fonoaudiológica buscou melhorar a fase oral da deglutição por meio de exercícios que desenvolvam a normotonia da língua, bochechas e lábios, assim como, melhorar a fase faríngea da deglutição por meio de exercícios vocais com o objetivo de reduzir a tensão da musculatura intrínseca e extrínseca da laringe. Foram realizadas estratégias que propiciassem, também, relaxamento global, tipo respiratório médio-inferior e aumento do tempo expiratório. Para o treino da deglutição funcional a paciente foi orientada a manter o alimento na cavidade oral, concentrar-se em sua respiração, deglutir colocando força na língua contra o palato e expirar após a deglutição.Foi orientada, ainda, a realizar deglutições secas, sempre que necessário. Foi encaminhada para a reabilitação odontológica, avaliação psicológica e acompanhamento nutricional. Resultados: Após quatro sessões de fonoterapia de 50 minutos realizadas uma vez por semana foi possível verificar, por meio da avaliação clínica, aumento do tempo expiratório, que passou de cinco para 12 segundos, melhora da qualidade vocal quanto aos aspectos de ressonância, além de ausência de alterações vocais e tosse durante e após a deglutição de alimentos com a consistência de pudim e semi-sólidos. Discussão: A realização do treino da deglutição funcional era feita após o relaxamento global, a prática dos exercícios miofuncionais orofaciais e vocais, e do treino respiratório, possibilitando o desempenho da deglutição em condição de equilíbrio da tensão laringofaríngea, resultando na remissão dos sinais de disfagia. A adequação da deglutição de alimentos sólidos é dependente da condição dento-oclusal apresentada pela paciente, sendo que a eficiência mastigatória será alcançada apenas após a reabilitação odontológica, sendo esta uma meta a médio prazo. A paciente mostrou-se satisfeita com o resultado que a terapia fonoaudiológica proporcionou, já que a melhora se estendeu para o seu cotidiano. Conclusão: A terapia fonoaudiológica com o enfoque na normotonia da musculatura orofacial, na redução da tensão da musculatura intrínseca e extrínseca da laringe e no aumento do tempo expiratório com uma respiração médio-inferior, quando aliadas ao treino direto da deglutição funcional, mostrou-se eficaz para o tratamento de um caso disfagia orofaríngea psicogênica.
  • Imprenta:
  • Source:
  • Conference titles: Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Nathane Sanches Marques; BRASOLOTTO, Alcione Ghedini; COSTA, Danila Rodrigues; BERRETIN-FELIX, Giédre. Terapia fonoaudiológica em um caso de disfagia orofaríngea psicogênica: relato de caso. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia[S.l: s.n.], 2012.
    • APA

      Silva, N. S. M., Brasolotto, A. G., Costa, D. R., & Berretin-Felix, G. (2012). Terapia fonoaudiológica em um caso de disfagia orofaríngea psicogênica: relato de caso. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. São Paulo: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia.
    • NLM

      Silva NSM, Brasolotto AG, Costa DR, Berretin-Felix G. Terapia fonoaudiológica em um caso de disfagia orofaríngea psicogênica: relato de caso. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. 2012 ; 17 2923.
    • Vancouver

      Silva NSM, Brasolotto AG, Costa DR, Berretin-Felix G. Terapia fonoaudiológica em um caso de disfagia orofaríngea psicogênica: relato de caso. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. 2012 ; 17 2923.


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020