Exportar registro bibliográfico

Recombinação genética in vitro de Rinovírus humano (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: GAGLIARDI, TALITA BIANCA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBP
  • Subjects: RECOMBINAÇÃO GENÉTICA; INFECÇÕES POR PICORNAVIRIDAE
  • Language: Português
  • Abstract: Rinovírus humanos (HRV) são os mais frequentes agentes etiológicos de infecções respiratórios humanas, dos quais existem mais 150 tipos que podem cocircular e co-infectar o mesmo hospedeiro. A co-infecção é a primeira etapa para que ocorra recombinação genética e formação de cepas virais quiméricas. Estudos previamente publicados identificaram in silico a ocorrência de recombinação entre genomas de HRV, assim como a sua circulação na população, além disso foi inferido que esse fenómeno contribuiria tanto para a variabilidade das cepas resultando até no surgimento de algumas delas. Como para HRV o mecanismo desse processo ainda é desconhecido, o objetivo desse trabalho foi avaliar a recombinação genética entre HRV (formação de genomas e partículas viáveis quiméricas) a partir da co-infecção in vitro . Cultura de células Hela foram co-infectadas pareadamente (dois a dois), em MOI equivalente (=10), com os sorotipos HRV1A (grupo minar, espécie A), HRV14 (grupo major, espécie B) e HRV16 (grupo major, espécie A). O produto das co-infecções foram testados por PCR em tempo real quantitativa para a detecção de genomas recombinantes e àqueles cujo resultado foi positivo, foram utilizadas no ensaio de formação de placa de lise para isolamento da progênie. As placas isoladas foram testadas por PCR convencional visando caracterizá-las como genótipos semelhantes aos parentais ou quiméricas. As progênies quiméricas viáveis tiveram seu fenótipo avaliado (curva de replicação em células HeLa) e o genoma "screenado" por PCR convencional com primers desenhados para os genomas parentais. Ao total foram feitas 29, 33 e 27 co-infecções de HRV14+16 (mesmo grupo major), HRVlA+16 (mesma espécie A) e HRVlA+14 (grupo e espécie diferentes). A formação de genomas recombinantes ocorreu em todos os ensaios (em torno de 10% dos genomas totais detectados). Foram encontrados todos as possíveisvariações de genoma recombinante, entretanto, quando isoladas apenas uma delas não foi viável (genótipo HRV1614). Além disso, em relação aos genomas parentais observamos que nos ensaios com HRV de diferentes grupos (HRVlA+14 e HRVlA+16) predominou a formação do genótipo HRV1A. Ao total foram isoladas 217 placas e 23 dela (10,7%) correspondiam a vírus quimérico viáveis, sendo que apenas uma dessas quimeras apresentou baixo fitness e foi visto efeito citopático apenas na primeira passagem em cultura celular. No ensaio de HRV14+16 a maioria dos vírus isolados eram HRV14 (88%), assim como no ensaio de HRVlA+14 (83,7%); enquanto no ensaio HRVlA+16 a maioria dos vírus formados eram HRV16 (82,4%). Ou seja, apesar de nos ensaios de co-infecção entre HRV de diferentes grupos a maioria dos genomas ser de HRV1A, a formação de partículas de HRV do grupo major (HRV14 e HRV16) prevaleceu. Os vírus quiméricos foram avaliados quanto a sua habilidade replicativa em células HeLa e os resultados foram bastante interessantes. Cada cepa produziu um perfil diferente de curva, sendo ele mais virulento (ex. HRVlA16Rl) ou menos virulenta (ex. HRV161AR1). Com isso este estudo demonstrou que tanto a formação de genoma recombinantes, quanto a formação de partículas quiméricas é alta (em torno de 10%), sendo essencial apenas ocorrer a co-infecção. Além disso, o "screening" inicial do genoma dos vírus quiméricos indicou que o mecanismo de recombinação entre HRV possui vários pontos críticos, gerando um genoma mosaico, ao invés de um só como para poliovírus
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.06.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GAGLIARDI, Talita Bianca; ARRUDA NETO, Eurico. Recombinação genética in vitro de Rinovírus humano. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Gagliardi, T. B., & Arruda Neto, E. (2012). Recombinação genética in vitro de Rinovírus humano. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Gagliardi TB, Arruda Neto E. Recombinação genética in vitro de Rinovírus humano. 2012 ;
    • Vancouver

      Gagliardi TB, Arruda Neto E. Recombinação genética in vitro de Rinovírus humano. 2012 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020