Exportar registro bibliográfico

Métodos de desverdecimento pós-colheita de tangor ´Murcott` e laranja ´Valência` (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: JOMORI, MARIA LUIZA LYE - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LPV
  • Subjects: ARMAZENAGEM EM ATMOSFERA CONTROLADA; COLORAÇÃO; LARANJA (QUALIDADE); PÓS-COLHEITA; REFRIGERAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: A procura de frutas com boas características para exportação in natura tem aumentado, sendo em grande parte dependente da melhoria da qualidade da fruta. Neste sentido, a adequação das operações ligadas à produção e pós-colheita é fundamental para tornar a fruta cítrica brasileira mais competitiva no mercado externo. Em decorrência de grande parte da área citrícola brasileira localizar-se em regiões de clima tropical, os frutos cítricos alcançam à plena maturação interna, enquanto que a casca permanece parcialmente verde, tornando-os inaceitáveis para a comercialização in natura em mercados exigentes. Assim, há necessidade do estudo de métodos e condições mais apropriadas para o desverdecimento dos frutos em pós-colheita para as nossas variedades e condições climáticas. Este estudo teve como objetivo avaliar o uso da técnica de desverdecimento pós-colheita de tangor Murcott e de laranja Valência, por meio da aplicação de etileno, na forma líquida e gasosa (em câmara). Utilizaram-se concentrações de 0 a 8000 mg L-1 de ethephon aplicadas por imersão (3 minutos) e 0,0; 0,25; 0,5; 0,75 e 1,0 L m-3 de etileno aplicadas em câmaras por 24 a 120 horas de exposição e 15 a 30ºC e 90% UR. Foram definidas as melhores condições de desverdecimento e, posteriormente, parte dos frutos ficou por 3 dias a 25ºC e 80% UR, simulando a comercialização, e outra parte dos frutos foi submetida à refrigeração (5ºC e 90% UR) por período de 30 dias (+3 dias a 25ºC e 80% UR, simulando a comercialização). Foi avaliado também o efeito do desverdecimento em câmara após o armazenamento refrigerado dos frutos. Os frutos foram avaliados logo após os tratamentos, após a primeira simulação de comercialização, após a refrigeração e após a segunda simulação de comercialização. A condição de 0,5 L m-3 de etileno por 96 horas de exposiçãoa 25ºC foi a mais eficiente para incrementar a coloração dos frutos. As taxas respiratórias e produção de etileno aumentaram em função da concentração usada de etileno. O incremento na atividade da clorofilase foi acompanhado pela queda no teor de clorofila, enquanto que o teor de carotenóides se manteve constante. Quanto às características internas não foram observadas alterações significativas em função dos tratamentos. Verificou-se que o armazenamento refrigerado após o desverdecimento não interfere no desenvolvimento da coloração da casca dos frutos, não afetando a qualidade dos mesmos. Além disso, o processo de desverdecimento após a refrigeração é eficaz para a mudança da coloração dos frutos das duas variedades estudadas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.05.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JOMORI, Maria Luiza Lye; KLUGE, Ricardo Alfredo. Métodos de desverdecimento pós-colheita de tangor ´Murcott` e laranja ´Valência`. 2011.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-29062011-150721/ >.
    • APA

      Jomori, M. L. L., & Kluge, R. A. (2011). Métodos de desverdecimento pós-colheita de tangor ´Murcott` e laranja ´Valência`. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-29062011-150721/
    • NLM

      Jomori MLL, Kluge RA. Métodos de desverdecimento pós-colheita de tangor ´Murcott` e laranja ´Valência` [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-29062011-150721/
    • Vancouver

      Jomori MLL, Kluge RA. Métodos de desverdecimento pós-colheita de tangor ´Murcott` e laranja ´Valência` [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-29062011-150721/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021