Exportar registro bibliográfico

Caracterização estrutural da interação de serino proteinases de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) e inibidores de proteinases de plantas (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ARRUDA, LIGIA HANSEN - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: BIOINFORMÁTICA; INIBIDORES DE ENZIMAS; INTERAÇÃO PLANTA-INSETO; LAGARTAS; GENÉTICA MOLECULAR VEGETAL; MODELAGEM MOLECULAR; PROTEINASES
  • Language: Português
  • Abstract: As plantas desenvolveram diferentes mecanismos para reduzir o ataque de insetos, incluindo compostos protéicos de defesa, como os inibidores de proteinases (IPs). Os insetos, ao longo da evolução, desenvolveram estratégias para superar as barreiras defensivas das plantas, permitindo a sua alimentação e desenvolvimento, como a super expressão de genes de enzimas digestivas sensíveis e insensíveis aos IPs de plantas. Uma das abordagens desse trabalho foi identificar novas serinoproteinases no intestino de lagartas de Spodoptera frugiperda. Duas novas quimotripsinas e trê novas tripsinas foram identificadas e juntamente com mais 10 genes já conhecidos que codificam estas enzimas foram submetidos à análise de expressão gênica por PCR em tempo real. Entre essas duas famílias de serinoproteinases (SPs) os genes que codificam as quimotripsinas apresentam uma regulação positiva mais ampla do que aqueles que codificam as tripsinas. Estudos de modelagem molecular das quimotripsinas também foram realizados. Foram construídos modelos tridimensionais à partir de modelagem por homologia além de análises de dinâmica molecular e docagem com oito diferentes IPs do tipo Bowman- Birk. Os resultados mostram quais quimotripsinas apresentam as maiores afinidades aos inibidores testados de maneira geral e individual, inferidos à partir da estimativa de energia livre do sistema. Também foi encontrada uma serina extra próxima ao sítio catalítico de três quimotrispsinas modeladas que pode interferir na afinidade dessas enzimas já que este aminoácido apresenta perda de área acessível ao solvente quando complexada ao IP de soja testado. Os resultados de expressão gênica e grau de sensibilidade foram comparados e não se observou qualquer relação entre esses parâmentros. Isso sugere que as lagartas da espécie S. frugiperda combinam diferentes estratégias adaptativascomo o aumento de expressão de todas as suas quimotripsinas independentemente do grau de sensibilidade das enzimas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.05.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARRUDA, Ligia Hansen; SILVA FILHO, Marcio de Castro. Caracterização estrutural da interação de serino proteinases de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) e inibidores de proteinases de plantas. 2011.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-24052011-091301/ >.
    • APA

      Arruda, L. H., & Silva Filho, M. de C. (2011). Caracterização estrutural da interação de serino proteinases de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) e inibidores de proteinases de plantas. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-24052011-091301/
    • NLM

      Arruda LH, Silva Filho M de C. Caracterização estrutural da interação de serino proteinases de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) e inibidores de proteinases de plantas [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-24052011-091301/
    • Vancouver

      Arruda LH, Silva Filho M de C. Caracterização estrutural da interação de serino proteinases de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) e inibidores de proteinases de plantas [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-24052011-091301/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019