Exportar registro bibliográfico

Jogo das representações (RPG) e aspectos da moral autônoma (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: FRIAS, EDUARDO RIBEIRO - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: JOGOS; ROLE PLAYING; EPISTEMOLOGIA (GENÉTICA); DESENVOLVIMENTO MORAL; COOPERAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do presente estudo, fundamentado na Epistemologia Genética de Jean Piaget (1932-1994), foi averiguar se o Roleplaying Game (RPG), também denominado Jogo das Representações, constitui recurso favorável ao desencadeamento de atividades relacionadas à cooperação e à capacidade de negociação, entendidas como próprias do desenvolvimento da moral autônoma. Por considerar que nesse jogo tais elementos acham-se imbricados na participação dos jogadores e em sua capacidade de solucionar problemas, foram explorados também esses aspectos, visando o enriquecimento da discussão dos resultados. Os dados analisados foram coletados no contexto de pesquisa desenvolvida em 2003 e 2004, nas dependências de um Centro Educacional Unificado (CEU), na zona sul da capital de São Paulo por uma equipe de pesquisa composta de um pesquisador, um auxiliar de pesquisa e dois mestres de jogo. Na ocasião os objetivos do trabalho foram outros. Dos 12 encontros do grupo de 7 participantes, todos do sexo masculino, com idades entre 11 e 27 anos, 9 foram dedicados a sessões de RPG, a primeira das quais preparatória. Os recursos e instrumentos de coleta de dados incluíram, além do registro em áudio e vídeo e da observação das sessões de jogo, entrevistas realizadas no início e no final do processo. Para a finalidade da presente pesquisa os dados foram submetidos a uma nova leitura, agora sob a ótica das relações entre o RPG e aspectos da moral autônoma. Foram utilizadas como categorias deanálise as capacidades de cooperação e negociação e como a participação dos jogadores e sua competência para solucionar problemas. As análises realizadas permitiram concluir que o RPG mostra-se útil como recurso para a mobilização da cooperação e da negociação, aspectos da moral autônoma, e para a atuação em grupo e para o exercício da resolução de problemas. Com isto verifica-se que, como afirmara Piaget ) (1932/1994), a cooperação é de fato um principio ético e moral e dispõe de um método que pode ser desenvolvido utilizando-se recursos adequados para isto
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.03.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRIAS, Eduardo Ribeiro; MACEDO, Lino de. Jogo das representações (RPG) e aspectos da moral autônoma. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-01042010-105926/ >.
    • APA

      Frias, E. R., & Macedo, L. de. (2010). Jogo das representações (RPG) e aspectos da moral autônoma. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-01042010-105926/
    • NLM

      Frias ER, Macedo L de. Jogo das representações (RPG) e aspectos da moral autônoma [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-01042010-105926/
    • Vancouver

      Frias ER, Macedo L de. Jogo das representações (RPG) e aspectos da moral autônoma [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-01042010-105926/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021