Exportar registro bibliográfico

O perfil e a atuação do nutricionista no tratamento dos transtornos alimentares (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MANOCHIO, MARINA GARCIA - EERP
  • Unidades: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: NUTRICIONISTAS (CAPACITAÇÃO); TRANSTORNOS NUTRICIONAIS (TRATAMENTO)
  • Language: Português
  • Abstract: O profissional nutricionista é capacitado para atuar em áreas do conhecimento em que a alimentação e a nutrição se apresentam fundamentais para a promoção, manutenção e recuperação da saúde. Entre essas, estão os transtornos alimentares (TA), quadros psicopatológicos graves e atuais, cuja etiologia é bastante complexa e multifatorial. No âmbito da alimentação, apresentam importantes alterações do comportamento, variando desde restrições até compulsões alimentares. O tratamento deve ser multiprofissional e interdisciplinar, sendo o nutricionista o profissional qualificado para implementar a avaliação e orientação nutricionais. No entanto, não há estudos na literatura que abordem o papel desse profissional na equipe de tratamento, direcionando as ações de nutrição nesse contexto. Sendo assim, o objetivo deste estudo, de natureza qualitativa, foi identificar o perfil e a atuação do nutricionista que desenvolve essa atividade. Foram entrevistados seis nutricionistas inseridos em serviços especializados das regiões Sul e Sudeste do Brasil: GRATA-HCFMRP-USP em Ribeirão Preto, AMBULIM-HCFMSP-USP e PROATA-UNIFESP em São Paulo, GOTA-IEDE e Psiquiatria da Santa Casa de Misericórdia no Rio de Janeiro e GEATA-CEAPIA de Porto Alegre. Como instrumento de coleta de dados foi utilizado um roteiro semiestruturado, sendo que as entrevistas foram ùdiogravadas, realizadas na cidade de origem do serviço e transcritas na íntegra. Os temas que emergiram foram: o nutricionista, a função, ofazer e o trabalho em equipe. Os participantes, apenas um do sexo masculino, tem de 29 a 52 anos de idade, de cinco a 34 anos de formação e trabalham, em sua maioria, voluntariamente no serviço há sete anos, em média. Todos fizeram curso de especialização na modalidade de lato sensu e/ou stricto sensu. A maioria já se interessava pela temática antes dessa atuação e sente-se valorizada pelo profissional ) ser essencial na equipe. Porém, é preciso desenvolver-se emocionalmente para a relação com o paciente a fim de compreender que os sintomas alimentares são consequências de conflitos intensos e abrangentes. Para isso, devem apresentar postura acolhedora, contudo firme. As principais dificuldades se referem às orientações quanto às modificações necessárias para melhorar a relação que o paciente estabelece com os alimentos e com o peso, ter uma abordagem psiconutricional e saber lidar com a frustração e impotência, sentimentos que comumente emergem nessa atividade. O trabalho em equipe foi caracterizado como algo que oferece segurança e respeito. Há boa comunicação entre os integrantes, o que proporciona crescimento e aprendizagem, apesar das dificuldades relativas à falta de estrutura física adequada e à inserção de novos profissionais sem experiência na área. Para todos eles, os conhecimentos adquiridos durante a graduação foram insuficientes para subsidiar essa atuação sendo necessário, o aprimoramento através de cursos de pós-graduação. Os resultados sugeremque os profissionais mostraram-se engajados nos serviços e realizados com essa conquista e atuação, apesar das limitações do cotidiano. Os desafios impostos para o campo da nutrição no contexto dos TA são inúmeros, mas apontam para a possibilidade de apreender diferentes olhares e perspectivas na direção do diálogo interdisciplinar, tendo por intuito romper a formação tecnicista tradicional e promover a integralidade do cuidado em saúde
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.07.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MANOCHIO, Marina Garcia; RIBEIRO, Rosane Pilot Pessa. O perfil e a atuação do nutricionista no tratamento dos transtornos alimentares. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-18082009-123504/ >.
    • APA

      Manochio, M. G., & Ribeiro, R. P. P. (2009). O perfil e a atuação do nutricionista no tratamento dos transtornos alimentares. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-18082009-123504/
    • NLM

      Manochio MG, Ribeiro RPP. O perfil e a atuação do nutricionista no tratamento dos transtornos alimentares [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-18082009-123504/
    • Vancouver

      Manochio MG, Ribeiro RPP. O perfil e a atuação do nutricionista no tratamento dos transtornos alimentares [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-18082009-123504/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020