Exportar registro bibliográfico

Estudo da ocorrência de compostos arseniais, mercuriais e selênio em cações comercializados na cidade de São Paulo (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DENOBILE, MICHELA - FCF
  • Unidades: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: ANÁLISE TOXICOLÓGICA; CONTAMINAÇÃO DE ALIMENTOS (ESTUDO); ANÁLISE DE ALIMENTOS; PESCADO (CONTAMINAÇÃO;ESTUDO)
  • Language: Português
  • Abstract: Os metais de relevância toxicológica provenientes de fontes naturais e antropogênicas continuamente entram no ecossistema aquático causando sérios problemas à saúde humana e ambientais devido a sua toxicidade, longa persistência, bioacumulação e biomagnificação na cadeia alimentar. A contaminação de peixe e produtos da pesca por metais e de interesse da saúde pública. No Brasil, o Ministério da Saúde estabelece o limite máximo de tolerância (LMT) de 1,0 mg/kg para o arsênio em peixe e produtos da pesca e 0,5 mg/kg para o mercúrio, e 1,0 mg/kg em peixe predadores. O LMT não foi estabelecido para arsênio inorgânico, metilmercúrio e selênio. Este trabalho tem por objetivo avaliar a presença de arsênio total, arsênio inorgânico, mercúrio total, metilmercúrio e selênio em amostras de peixe cação comercializadas na cidade de São Paulo e analisar os resultados em relação à avaliação do risco. O arsênio total e o selênio foram determinados através de mineralização por via seca das amostras e quantificação utilizando absorção atômica com gerador de hidretos (FI-HG-AAS). O arsênio inorgânico foi determinado através de digestão ácida das amostras e posterior mineralização por via seca e quantificação utilizando FI-HG-AAS. O mercúrio total foi determinado através de digestão assistida por microondas em meio ácido e posterior quantificação do mercúrio total por espectrometria de fluorescência atômica com geração de vapor frio em fluxo contínuo (CV-AFS). O metilmercúriofoi determinado através de extração ácida das amostras e quantificação utilizando HPLC-termo-oxidação-CVAFS. Os valores de As total nas amostras de cação analisadas variaram de 8,4 a 134,1 mg/kg (peso seco) e 2,1 a 33,5 mg/kg (peso úmido) e os valores de As inorgânico variaram de 0,013 a 0,738 mg/Kg ) (peso seco) e 0,0033 a 0,1845 mg/kg (peso úmido). Os valores de Hg total variaram de 0,7 a 14,6 mg/kg (peso seco) e 0,18 a 3,65 mg/kg (peso úmido). Os valores de metilmercúrio variaram de 0,46 a 8,67 mg/kg (peso seco) e 0,12 a 2,17 m/kg (peso úmido). Os valores de selênio variaram de 0,5 a 2,6 mg/kg (peso seco) e 0,13 a 0,65 mg/kg (peso úmido). Os valores de razão molar entre Hg e Se variaram de 0,28 a 5,39 (Hg:Se), e a média foi igual a 1,69. O PTWI para o arsênio inorgânico é 15 `MICROGRAMAS`/kg de peso corpóreo (WHO, 1989), e assumindo uma média de peso corpóreo de 65kg, a ingestão de arsênio inorgânico proveniente do consumo de cação representa apenas 0,0007 `POR CENTO` do valor de referência TDI (Ingestão diária tolerável) para média brasileira. O PTWI para o Hg total é 5 `MICROGRAMAS`/kg de peso corpóreo (WHO, 2003) e, a ingestão de Hg total por pessoa por dia proveniente apenas do consumo de cação para a média brasileira representa 0,17 `POR CENTO` do valor de referencia TDI
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.08.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DENOBILE, Michela; NASCIMENTO, Elizabeth de Souza. Estudo da ocorrência de compostos arseniais, mercuriais e selênio em cações comercializados na cidade de São Paulo. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-06062017-172521/pt-br.php >.
    • APA

      Denobile, M., & Nascimento, E. de S. (2007). Estudo da ocorrência de compostos arseniais, mercuriais e selênio em cações comercializados na cidade de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-06062017-172521/pt-br.php
    • NLM

      Denobile M, Nascimento E de S. Estudo da ocorrência de compostos arseniais, mercuriais e selênio em cações comercializados na cidade de São Paulo [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-06062017-172521/pt-br.php
    • Vancouver

      Denobile M, Nascimento E de S. Estudo da ocorrência de compostos arseniais, mercuriais e selênio em cações comercializados na cidade de São Paulo [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-06062017-172521/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020